Adepará realiza capacitação sobre a fiscalização do comércio e uso correto de agrotóxicos

O treinamento foi realizado para técnicos agrícolas e engenheiros agrônomos da Adepará, no município de Marabá

08/11/2021 15h09

Engenheiros Agrônomos e Técnicos Agrícolas do quadro de Servidores da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adepará) foram capacitados para a fiscalização do comércio e uso correto de agrotóxicos. O treinamento aconteceu entre os dias 2 a 5 de novembro, por meio da Gerência de Agrotóxicos e com auxílio da coordenação da Gerência de Educação Sanitária. 

Após 16 anos, uma capacitação nesta área é realizada de forma específica e direcionada para fiscalização do uso e comercialização de agrotóxicos, como ressalta o Gerente de Defesa Vegetal da Agência, Rafael Haber. 

“Foi de extrema importância esta capacitação porque, em 16 anos de Gerência de Agrotóxico, nunca houve um treinamento específico e exclusivo. Sempre aproveitou outros eventos da vegetal para passar conhecimento, porém dada a importância do programa para o Estado, havia uma necessidade de ocorrer como na última semana. É um tema de relevância para a sociedade, pois o passivo ambiental que embalagens mal destinadas podem gerar para as gerações futuras, bem como a venda irregular desses produtos”, frisou Rafael. 

Os participantes puderam aprimorar e habilitar sua capacidade sobre o tema que envolve produtos químicos sintéticos, além de questões administrativas quanto a fiscalização do comércio. O gerente de agrotóxicos da Adepará, Luiz Guamá, demonstrou de maneira prática o correto preenchimento dos formulários de aplicação de autos de infração recebidos pela gerência, ilustrando diversos erros na execução de modo que esclareceu a forma correta para a aplicação.  

“Foi uma semana só falando de fiscalização de agrotóxicos, como a aviação agrícola, destinação de embalagens vazias, além de muitas dúvidas tiradas pelos participantes”, disse Rafael.

Participaram do treinamento membros do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento  (MAPA) e o gerente de agrotóxicos com explanações sobre o recebimento e destinação de embalagens vazias, legislação de aviação agrícola e legislação estadual e procedimentos para fiscalização.

Ana Telma, do Inpev, esclareceu sobre o objetivo de promover a correta destinação das embalagens vazias e seus produtos; o auditor Fiscal do Mapa, Adriróseo Raimundo, elucidou sobre as legislações de aviação agrícola que rege sobre a qualidade em seus serviços, buscando tecnologia e inovação para fomentar o desenvolvimento da agricultura por meio da aplicação aérea.

A Adepará tem buscado, constantemente, aperfeiçoar as habilidades de seu quadro de servidores para que a agricultura e a pecuária sigam em pleno desenvolvimento em todo o Estado do Pará. 

“Após esta capacitação, todos os colegas estão mais seguros para realizar fiscalizações do programa de agrotóxicos por todo o Estado”, finalizou Rafael Haber.

Por Lilian Guedes (SEDOP)