Detran encerra curso para cerca de 200 mototaxistas de Altamira

27/10/2021 16h49 - Atualizada em 27/10/2021 17h24

O Departamento de Trânsito do Estado (Detran), por meio da Escola Pública de Trânsito, encerrou nesta semana, em Altamira, os Cursos de Formação e Atualização de Profissionais Mototaxistas. A ação iniciou no dia 4 de outubro, visando educar e habilitar os condutores a exercerem a profissão com mais segurança no trânsito.

Durante o período, pelo menos 191 profissionais participaram do curso, sendo 61 nas turmas de formação e 130 nas turmas de atualização. Os cursos abrangem aulas e provas teóricas e práticas. O curso de formação é mais longo, durando quase uma semana, tendo cinco dias de aula e mais um de prova, o tempo necessário para capacitar novos profissionais.

José Gomes, que participou pela segunda vez o curso de transporte de passageiros, disse que é muito importante acompanhar as atualizações no Código de Trânsito, sendo essencial a renovação. Segundo o mototaxista, os educadores do Detran se destacam pela paciência e didática na formação. “Os instrutores que vêm aqui tem a maior paciência de explicar para a gente detalhadamente, para nós isso é muito bom”, destaca.

Luiz Cardoso, presidente do Sindicato de Mototaxistas de Altamira (Sindimoto), conta que o apoio do Detran foi uma conquista da categoria. “Nós estávamos passando por um período de dificuldade, dependendo de uma empresa privada, mas conseguimos que o Detran de Belém viesse aqui fazer essa atualização em massa”. Segundo o sindicalista, a ação, além de capacitar, leva mais segurança para os passageiros e motoristas.

Luiz Cardoso, presidente do Sindicato de Mototaxistas de Altamira (Sindimoto)Os profissionais que já atuam como mototaxistas devem realizar o curso de atualização a cada cinco anos, conforme a Resolução Nº 410, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), visando atualizá-los sobre legislação de trânsito. Para quem deseja exercer a profissão, é obrigatório realizar o curso de formação, onde são instruídos sobre legislação e ética no trânsito, além da prática veicular e transporte seguro dos passageiros.

Colaboração: Israel Marcon e Laís Souza

Por Governo do Pará (SECOM)