Imprensa Oficial entrega obras a pesquisadores da Universidade do Estado do Pará

Lançamento oficial será realizado durante a Feira do Livro, entre os dias 1º e 5 de dezembro, na Arena Guilherme Paraense, o popular Mangueirinho

27/10/2021 15h51 - Atualizada em 27/10/2021 16h19

Representantes da Imprensa Oficial do Estado (Ioepa) e da Universidade do Estado do Pará (Uepa) ao lado de autores das obras Os autores das seis obras selecionadas no primeiro edital de parceria da Imprensa Oficial do Estado (Ioepa) com o Centro de Ciências Sociais e Educação (CCSE), da Universidade do Estado do Pará (Uepa), receberam na manhã de hoje, 27, a primeira cópia impressa de cada livro. O lançamento oficial será realizado durante a Feira do Livro, entre os dias 1º e 5 de dezembro, na Arena Guilherme Paraense, o popular Mangueirinho. Os livros selecionados no segundo edital já estão em produção.

O presidente da Ioepa, Jorge Panzera, e o coordenador da Editora Pública, Moisés Alves, estiveram no auditório Paulo Freire para realizar a entrega em mãos aos representantes de cada grupo. As obras selecionadas neste primeiro edital são: “Indicações Geográficas do Queijo do Marajó”; “Gênero Corpos e Sexualidade”; “Amazônia História Cultura e Identidade”; “Amazônia Desenvolvimento Sustentabilidade Gestão e Secretariado”; “Meninos Vestem Azul e Meninas Vestem Rosa, Construção de Identidades e Juventude e Educação no Pará”.

“Entendemos que para desenvolver o Estado é preciso investimento em pesquisa, por isso, estamos muito orgulhosos desta parceria. Temos uma linha de publicação toda dedicada à produção científica das instituições públicas paraenses e já publicamos em parceria com UFPA, Ufopa e Unama”, observou Alves, que aproveitou para anunciar o lançamento oficial das obras na Feira do Livro deste ano, com direito a momento de autógrafos para os autores no estande da Ioepa.

Pesquisa - O diretor do CCSE, Anderson Maia, participou da entrega e agradeceu à Ioepa pela oportunidade dada aos grupos de pesquisa e pesquisadores do CCSE. Ele garantiu que mais editais serão lançados e ressaltou a importância de levar o conhecimento produzido no Centro para além dos muros da universidade. “Pretendemos criar no nosso CCSE núcleos de pesquisa, para aprimorar e incentivar nossa produção. Vivemos em um momento que é fundamental criarmos mais espaço e infraestrutura para pesquisa, isso faz com que o apoio que a Ioepa e o Governo do Estado estão dando, com essa iniciativa, algo ainda mais valioso”, disse.

A tradição paraense na produção literária foi destacada por Panzera, que relembrou como autores reconhecidos nacionalmente, como Inglês de Sousa, José Veríssimo e Dalcídio Jurandir, foram responsáveis pela criação precoce da Imprensa Oficial do Estado, que completou 130 anos. “O Estado tem uma ferramenta para colocar nas mãos dos paraenses todo esse patrimônio. E com editais públicos para publicação, que atendem todas as regiões do Pará”, afirmou. O presidente reforçou a importância de se levar as reflexões e debates promovidos dentro da academia para a sociedade. “Precisamos pensar soluções para o desenvolvimento do Pará, em diversos níveis. Essa parceria nos ajuda a abrir a perspectiva e criar discussões sobre esses caminhos. No que depender de nós, teremos ainda muitos editais pela frente”, garantiu.

 *Texto e fotos (Ascom / Uepa).

Por Governo do Pará (SECOM)