Especialistas da Policlínica Metropolitana alertam sobre as sequelas da Covid-19 para o coração

Unidade é referência no Programa Triagem Pós-Covid no Estado

27/10/2021 14h51 - Atualizada em 27/10/2021 16h01

Quando a infecção pelo coronavírus invade o sistema cardiovascular, ela pode deixar sequelas multifatoriais, levando à apresentação de sintomas como insuficiência cardíaca, miocardite, infarto agudo do miocárdio, arritmias e aumento dos níveis de pressão arterial. Referência no Programa Triagem Pós-Covid-19 no estado do Pará, a Policlínica Metropolitana, em Belém, atende pacientes que tiveram sequelas deixadas pela doença. A unidade, com capacidade de atender até 1.400 pessoas por mês no programa, mantém toda infraestrutura para identificar as alterações no coração.  

O cardiologista da Poli Metropolitana, Caio Blanch da Silveira, explica que para tentar diminuir o impacto ao sistema cardiovascular e possíveis morbimortalidades, o programa Triagem Pós-covid tem papel fundamental no diagnóstico e tratamento.

“Antes da consulta médica, o paciente realiza exames laboratoriais, eletrocardiograma e radiografia de tórax, é atendido, então, por um clínico e, com base nos sintomas apresentados e/ou alterações nestes exames iniciais, o usuário é encaminhado para o ambulatório de cardiologia”, pontuou. 

Na especialidade, o usuário passará por outra avaliação clínica, dessa vez, mais direcionada e, conforme solicitação médica, poderá realizar exames complementares cardiológicos.

“Geralmente, são pedidos o ecocardiograma, teste ergométrico, Mapa 24h, holter 24h e angiotomografia de coronárias, quando há apresentação de sintomas cardiológicos mais evidente no paciente que foi contagiado com o novo coronavírus”, ressaltou Silveira.

Infecção - O especialista ressalta que o vírus SARS-Cov-2 pode afetar o coração de três formas: “por ação direta do vírus às células cardíacas; por resultado do aumento da atividade inflamatória e por ação de eventos tromboembólicos. Assim, fica claro, portanto, que as sequelas cardiovasculares são multifatoriais e podem ter um espectro grande de apresentações. Em alguns casos esses danos podem ser irreversíveis. Em um estudo de corte com 150 pacientes, 7% deles desenvolveram dano miocárdio e IC irreversíveis”, referiu-se à análise feita em Wuhan, na China, no ano passado.

Programa - Interessados devem entrar em contato com a Policlínica, via whatsapp no número (91) 98521-5110 ou pelo e-mail agendamento.polimetropolitana@issaa.org.br, para realizar o agendamento. E deve ter em mãos os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência e cartão SUS.

“Ao chegar na Policlínica, o paciente realizará uma série de exames que possibilitará o clínico médico uma análise clínica mais ampla para que então adote a conduta oportuna para cada caso. Se for necessário, ele será devidamente direcionado aos demais serviços que a unidade oferece. Além das consultas dos adultos, também, a Policlínica atende crianças na pediatria geral”, detalhou Liliam Gomes, diretora executiva da Policlínica Metropolitana.

Objetivo- O Programa Triagem Pós-Covid foi elaborado pelo Governo do Estado após a equipe técnica da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sespa) avaliar a necessidade da população em um atendimento especializado pós-doença. 

“Fizemos uma conversa com diretores de hospitais e profissionais da área de saúde que fazem parte da linha de frente no combate à Covid-19 e constatamos que muitos pacientes ainda precisam de atendimento, mesmo após a recuperação da doença, mas não sabiam onde procurar.  O programa, ao longo dos 11 meses de lançamento, tem ajudado muitos paraenses a recuperar a vida normal antes do contágio”, enfatizou Rômulo Rodovalho, titular da Sespa.

SERVIÇO

- Opaciente não necessita ir até a Policlínica para agendar.

· O agendamento é realizado via WhatsApp, no número (91) 98521-5110 ou pelo e-mail:  agendamento.polimetropolitana@issaa.org.br,

- Uma vez agendado o atendimento, o paciente receberá via WhatsApp a confirmação do dia e do horário para realização dos exames e avaliações médicas (clínica e pediátrica).

- No dia marcado, basta o paciente comparecer à Policlínica 40 minutos antes da hora da consulta, com seus documentos pessoais: RG, CPF, comprovante de residência com CEP e cartão do SUS.

- As consultas são oferecidas de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 h, na Policlínica Metropolitana, localizada na Avenida Almirante Barroso, entre a Avenida Dr. Freitas e a Travessa Perebebuí, bairro do Marco.

Texto: Roberta Paraense

Por Governo do Pará (SECOM)