Programa 'Leitura Por Todo Pará' chega a Região de Integração do Xingu

24/10/2021 17h46 - Atualizada em 26/10/2021 10h02

O Governo do Estado, por meio da Fundação Cultural do Pará, lança mais uma etapa do programa Leitura Por Todo Pará – criado para fomentar a cultura literária paraense, além de capacitar agentes culturais em atividades educacionais para todo o território do estado. Nesta edição, a região de Integração do Xingu passa a receber uma série de reuniões com gestores municipais a partir deste domingo (24).

Altamira, Anapu, Brasil Novo, Senador José Porfírio, Pacajá, Vitória do Xingu, Uruará e Medicilândia são as cidades paraenses que estão recebendo as visitas técnicas da Fundação. As reuniões têm o objetivo de zerar o déficit de municípios sem bibliotecas públicas e fortalecer as já existentes na região. "Nós estamos aqui para cumprir uma agenda toda programada com os gestores visando à reabertura de espaços na região do Xingu, que é a região que no momento apresenta o cenário com mais municípios sem bibliotecas públicas", explica Marinilde Barbosa, secretária executiva do Sistemas Estadual de Bibliotecas Públicas. 

De acordo com o planejamento e organização da Diretoria de Leitura e Informação, por meio da Coordenação do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas, a expectativa é que o próximo ano traga um aumento considerável de espaços reabertos. "Estamos com a perspectiva de reabertura de oito bibliotecas já no primeiro semestre de 2022. Vamos reunir com gestores e visitar alguns espaços que estão previstos para receber as bibliotecas", aponta Marinilde. Pacajá, Anapu, Senador José Porfírio, Vitória do Xingu e Medicilândia já possuem local reservado para hospedar os centros de leitura. 

Esta é a segunda fase do Leitura por Todo Pará. A primeira etapa ocorreu em junho deste ano, e atendeu a região do Marajó - em formato online, em função da pandemia. Para saber mais sobre o programa, acompanhe as redes da Fundação: @fundacaopara.

Texto: Camila Barbalho (Ascom/FCP)

Por Governo do Pará (SECOM)