Centro de tratamento permanente de Covid em Belém registra sua primeira alta clínica

15/10/2021 18h35 - Atualizada em 15/10/2021 19h14

O Centro Especializado para Covid-19 em Belém, inaugurado no início deste mês, registrou nesta semana a sua primeira alta. Esmeralda Cardim Quaresma veio de Barcarena e deu entrada na unidade em 10 de outubro, sendo liberada para voltar para casa no dia 14. A paciente ficou internada no local instalado na estrutura do Hospital Santa Teresinha, no bairro de São Brás, que faz parte da estratégia de combate permanente do governo do Pará à Covid-19 na Região Metropolitana de Belém.

A mulher, de 71 anos, foi conduzida até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barcarena sentindo dor de cabeça, febre alta e falta de ar. O receio de ser Covid-19 era grande, principalmente pelo fato dela ser hipertensa. Quando foi confirmado o diagnóstico, no domingo (10), informaram que ela seria encaminhada para tratamento na capital. “Disseram que ficaria em um espaço especializado para atender Covid. Acompanhei até o momento em que ela precisou ser internada. Eu estava muito nervosa, mas pude ver que parecia um lugar muito bem preparado”, lembra a filha, Elen Cardim Quaresma. 

A preocupação diminuiu quando, no dia seguinte, a equipe médica informou que o quadro de Esmeralda era estável. “Todo dia me ligavam para avisar do quadro de saúde dela. Na terça-feira (12), disseram que ele estava muito melhor e, na quarta (13), os exames já estavam normais, então só ficaria em observação mais um dia para receber alta na quinta-feira (14)”, relembra Elen. “Ela gostou muito do tratamento que recebeu no Centro Especializado. Agradecemos muito quando ela saiu, fiquei emocionada. Só quem passa por isso sabe o tamanho da gratidão que se sente nesse momento”.

O titular da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Rômulo Rodovalho, enaltece a importância de manter um espaço dedicado ao tratamento exclusivo da doença. "Os Centros Especializados para tratamento de Covid-19 são unidades que o governo do Estado entregou em diferentes municípios para conter a doença de maneira mais sistematizada em nosso território, já que antes foi necessário redirecionar outras unidades no combate à pandemia e isso podia afetar a prestação de alguns serviços de saúde desses lugares. Por isso, é uma alegria constatar que, em Belém, o Centro Especializado acaba de ter sua primeira alta. É a evidência de que estamos no caminho certo", afirma.

Atualmente, o Pará conta com mais duas unidades de atendimento para pacientes de Covid-19 nos municípios de Bragança, no Baixo Tocantins, e Parauapebas, na região sudeste, entregues recentemente. A Sespa, a partir do Comitê Epidemiológico, segue monitorando a Covid em todo o Pará, e há intenção de inaugurar novos centros em outras regiões estratégicas do Estado, conforme a necessidade da população

Serviço: O Centro Especializado de Covid-19 de Belém fica na Av. Magalhães Barata Nº 277 entre 14 de Março e Alcindo Cacela e só recebe paciente via regulação estadual.  A Unidade de Referência Especializada do Reduto fica na Av. Visconde de Souza Franco Nº 600 e funciona de segunda à sexta-feira das 8h às 17h e aos sábados, das 8h às 13h, para casos leves e moderados de covid-19.

Por Carol Menezes (SECOM)