Setur fortalece a promoção e comercialização do destino turístico Pará na ABAV Expo 2021

O evento, que reúne quase 200 marcas e milhares de profissionais de todo o País, é realizado no Centro de Eventos do Ceará

07/10/2021 18h27 - Atualizada em 08/10/2021 11h59

O Pará, representado pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e empresários locais, participa da ABAV Expo 2021, evento híbrido que marca o reencontro dos principais membros e operadores do turismo nacional. O evento reúne quase 200 marcas e milhares de profissionais até esta sexta-feira (8), em Fortaleza, no Centro de Eventos do Ceará.

A solenidade de abertura contou com a presença de autoridades, executivos, empresários, dirigentes e secretários de Turismo, além do ministro do Turismo, Gilson Machado Neto. A ABAV (Associação Brasileira dos Agentes de Viagem) é a maior entidade representativa dos interesses das agências de viagem no País.Estande do Pará na feira de turismo promovida pela Associação Brasileira dos Agentes de Viagem

“A ABAV é uma das principais feiras de turismo do Brasil. É fundamental que o Pará participe, apresente toda a atratividade turística do nosso Estado, com a nossa comitiva de aproximadamente 30 pessoas. Nosso objetivo é apoiar a comercialização desses produtos, com uma presença forte nesse cenário de retomada do turismo. Queremos trabalhar essa vinda de mais turistas para o Estado, e que os nossos agentes de receptivos possam fazer muitos contatos com agência de emissivo, para assim reaquecer esse mercado que foi tão abalado com a fase mais rigorosa da pandemia, ampliando mercado para os nossos fornecedores de produtos turísticos”, explicou o secretário de Turismo do Pará, André Dias.

A diretora de Produtos Turísticos da Setur, Alessandra Pamplona, disse que a estratégia é aproveitar a tendência de consumo do mercado nacional e apresentar os carros-chefes Belém, Santarém e Marajó, com ênfase nos segmentos de turismo de natureza e aventura. “Estamos atuando em três frentes. Com um estande físico de 80 metros quadrados, aonde 19 empresas, incluindo a ABAV Pará, serão nossos parceiros co-expositores. Também seremos co-expositores no estande do Ministério do Turismo (MTur), que esse ano terá como destaque a RAI (Rotas Amazônicas Integradas), com foco no turismo de pesca esportiva. E por fim, ainda faremos atendimento junto ao trade local, on-line, na plataforma do evento”, destacou.Secretário André Dias (d) no evento realizado em Fortaleza

Para André Dias, é importante ressaltar que “é possível fazer turismo respeitando os protocolos e medidas sanitárias”. Tanto é assim, que o Pará mais uma vez, por conta e respeito aos protocolos sanitários, possui material promocional do Estado todo em formato digital. A novidade, é que, agora, conta o Pará com uma página especial para abrigar esse material, que pode ser acessada no endereço eletrônico experienciapara.com.br”.

Capacitação - Como parte da estratégia da comitiva paraense de aproximação com o trade nacional e principais mercados emissores de turistas, o secretário André Dias fará uma capacitação sobre o Pará na feira, apresentando o destino a todos que têm interesse em conhecer um pouco mais sobre atrativos e oportunidades de negócio, além de encontro com o Ministério do Turismo e os demais secretários dos Estados da Amazônia Brasileira para discutir a atuação da RAI e reunião extraordinária do Fórum Nacional de Dirigentes de Turismo (Fornatur).

A presidente da ABAV nacional, Magda Nassar, fez um balanço do primeiro dia de Feira na quarta-feira (06), que contou com 4,5 mil pessoas. “Agora, a ABAV é itinerante, para sermos justos e levarmos a Feira para o Brasil inteiro. Recebemos 12 propostas para sediar o evento, ou seja, quase metade do Brasil quer a ABAV Expo. Aqui, no Ceará, trouxemos quase 3 mil pessoas, e ontem já atingimos nossa capacidade máxima, com 4,5 mil pessoas ao todo durante o dia. É pouco para nós, que temos a meta de receber 40 mil pessoas em 2022”, disse Magda Nassar. “Os agentes movimentaram R$ 34 bilhões em 2019, e 92% das vendas de cruzeiros são por meio deles. Os agentes representam mais de 60% da hotelaria, até 80% dos bilhetes aéreos emitidos”, garantiu. A presidente da ABAV Nacional ainda reconheceu o esforço de todos os destinos nesta retomada.

Por Governo do Pará (SECOM)