Segup promove palestras para conscientizar profissionais sobre saúde mental  

Os palestrantes enfatizaram a importância de os profissionais da segurança pública debaterem o tema e estarem atentos aos sinais de transtornos

23/09/2021 21h59 - Atualizada em 23/09/2021 23h02

Com o objetivo de promover e discutir formas de prevenção e cuidado da saúde mental, a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) promoveu palestra em alusão ao Setembro Amarelo, na tarde desta quinta-feira (23). A ação, direcionada a servidores e colaboradores do órgão, abordou temas como prevenção de doenças mentais e demais transtornos.

Inicialmente ministrada pela psicóloga Lurdes Guimarães, integrante da Diretoria de Prevenção Social da Violência e Criminalidade (Diprev) e capitã da Polícia Militar, a palestra discorreu sobre como buscar ajuda de um profissional é importante para viver bem nos dias atuais. “A saúde não é só física; não é só a gente cuidar do nosso corpo, não é só ir ao médico toda vez e fazer check-up. É muito mais do que isso. Fala-se também de saúde psicológica e bem-estar social”, afirmou a psicóloga.A iniciativa da Segup visa, também, combater o preconceito sobre o tema "doença mental"

A palestra contou também com a participação da psiquiatra Masami Iida, da Segup. Segundo ela, a psiquiatria ainda sofre muito com a estigmatização, por isso é preciso criar espaços de diálogo para debater o tema. “É uma consulta médica como qualquer outra, só que demora mais. É a conversa, é um olhar, a gente tenta pegar toda a história, e explicar ao paciente para tirar esse preconceito”, explicou.

No mês de combate ao suicídio e outros transtornos mentais, a ação teve a finalidade de debater sobre a necessidade de identificar o papel de cada cidadão na adesão a campanhas de prevenção, comportamentos que merecem atenção e como encontrar alternativas para enfrentar estigmas relacionados à saúde mental.A palestrante falou sobre saúde geral, não só física

Licitação - Hoje também foi realizada a licitação para contratação de empresa, na modalidade pregão eletrônico, para a prestação dos serviços continuados de assistência psicológica. A iniciativa garantirá atendimento psicológico e exames auxiliares aos servidores da segurança pública, com o respectivo encaminhamento ao tratamento dos problemas identificados.

A atuação de uma equipe especializada, composta por profissionais de enfermagem, assistência social e psicologia, além de profissionais administrativos, fará com que, ainda na fase inicial das manifestações sintomáticas, o cuidado rápido e eficiente reduza os impactos psicológicos em médio e longo prazo, auxiliando os profissionais a elaborar a situação vivenciada e desenvolver mecanismos médicos e sociais de enfrentamento, o que justifica o desenvolvimento de uma política proativa de prevenção da saúde do servidor da segurança pública.

Como buscar ajuda: CVV 144 – Centro de Valorização da Vida - promove apoio emocional e auxílio na prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, com total sigilo, por telefone, e-mail e chat 24 horas, todos os dias.

Por Aline Saavedra (SEGUP)