Memorial Amazônico da Navegação tem visitação gratuita na Semana da primavera dos Museus

22/09/2021 16h22

Em 2021, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) celebra os 15 anos da Primavera dos Museus. Nestes eventos, o objetivo é fortalecer os laços entre os museus e a sociedade, por meio de ações de fomento à visitação desses espaços pelo público. A temática desta edição é “Museus: perdas e recomeços, uma reflexão sobre a atuação dos museus”. 

Com mais de 680 inscritos e 1.700 atividades distribuídas por todo o Brasil, a celebração iniciou na última segunda-feira (20), e segue até o próximo dia 26 de setembro oferecendo gratuidade ao público para entrada em vários museus pela cidade. 

A edição deste ano prestigia o Memorial Amazônico da Navegação, que, excepcionalmente, na semana do projeto, até o dia 26 de setembro, terá entrada gratuita. O Memorial possui um grande acervo histórico e cultural sobre a antiga trajetória marítima da nossa região. No museu, os visitantes poderão encontrar os três aspectos da evolução dos meios de transporte de navegação na Amazônia: o militar, (representado pela Marinha do Brasil); o comercial, representado por um breve histórico da Enasa; e o regional, revelado na exposição de barcos que são muito utilizados na região Norte.

Programação diária no Mangal das Garças:

- Soltura das borboletas no Borboletário: 10h e 16h (monitorado)
- Alimentação das Iguanas no caminho para o farol - 8h30.
- Passeio da coruja Olívia: de terça a domingo– 17h.
- Alimentação das garças no Recanto da Curva: 11h, 15h, 17h30.
- Passeio com a coruja Arya: de terça a sábado, às 9h.
- Apresentação das aves do Viveiro das Aningas: Todos os dias, às 16h30.

SERVIÇO: Para acesso e permanência no Mangal das Garças é obrigatório o uso de máscara. O espaço funciona de terça a domingo, das 8h às 18h; e fecha às segundas para manutenção. O Parque possui atrações como o Farol, Viveiro das Aningas, Museu Amazônico da Navegação e a reserva José Márcio Ayres (borboletário). Todos são espaços são monitorados e para visitá-los é necessário adquirir o ingresso por R$ 5 cada.

Por Fernanda Scaramuzini (Pará 2000)