Emater renova parceria de mais de duas décadas com a prefeitura de Inhangapí

19/08/2021 14h11 - Atualizada em 20/08/2021 08h58

O Termo de Cooperação Técnica entre a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) e a prefeitura de Inhangapi foi renovado, nesta quarta (18), em reunião na sede da Emater em Marituba com a presença do prefeito de Inhagapi, Egilasio Feitosa e a presidente da Emater, Lana Reis, além de dirigentes e assessores da Empresa.

"A parceria da Emater com o município de Inhangapi é uma das mais antigas e frutíferas do Estado e já dura aproximadamente 20 anos, garantindo assistência técnica e extensão rural a 1.500 famílias atendidas pela empresa no município, explica o chefe do escritório local Luiz Goés.

“Por meio dessa parceria com o município, nós conseguimos prestar assistência a agricultores familiares, quilombolas, extrativistas e ribeirinhos de 32 comunidades do município. Além disso, trabalhamos junto com a secretaria municipal de agricultura na produção anual de cerca de 80 mil mudas de açaí e 5 mil essenciais florestais para a distribuição às famílias rurais de Inhangapi”, afirma o coordenador local.

Também com o apoio municipal e de instituições públicas das esferas estadual e federal, a Emater em Inhangapi desenvolve pelo menos sete projetos que foram afetados pela pandemia de Covid-19, mas estão sendo reprogramados ou retomados gradativamente, seguindo os protocolos sanitários do Estado.

Entre eles estão o projeto da cadeia produtiva do açaí de terra firme e de várzea, a Feira do Produtor Rural, o Festival do Açaí de Inhagapi, a Festa do Produtor Rural e o Projeto Pró Peixe de Desenvolvimento da Piscicultura Familiar (Programa Pró-Pirá).

O supervisor Regional da Emater em Castanhal, Ricardo Freire, destaca a importância da parceria para o escritório de Inhagapi e no contexto do Regional de Castanhal, ao qual o escritório local está vinculado.

“O apoio logístico dado pela a prefeitura para as ações desenvolvidas pela Emater é um dos mais expressivos de todo o Regional, sendo possível alavancar a agricultura familiar dentro de Inhangapi, onde o extrativismo ainda é muito forte, mas onde a agricultura vem se desenvolvendo com a assistência da Emater, que também emite a Declaracão de Aptidão ao Pronaf (DAP), o Cadastro Ambiental Rural (CAR) e onde esse ano foi feita a inserção do Fomento Produtivo de 75 famílias”, detalha o supervisor.

Texto: Etiene Andrade (Ascom- Emater)

Por Governo do Pará (SECOM)