Banpará fortalece incentivo ao esporte coletivo e individual

Com patrocínio garantido, atletas de várias modalidades treinam com tranquilidade para representar o Pará no Brasil e exterior

07/07/2021 13h15 - Atualizada em 07/07/2021 17h37

Antes patrocinador oficial apenas do futebol profissional, atualmente o Banco do Estado do Pará (Banpará) também apoia financeiramente outras modalidades coletivas e individuais. Nadadora da Tuna Luso Brasileira, Estephany Solano se prepara com tranquilidade para mais uma disputa, desta vez em Recife (PE), desde que conseguiu o patrocínio da instituição financeira.

"Com a pandemia, ela chegou a pensar em desistir, porque os custos ficam integralmente mesmo para os responsáveis. Fiz várias rifas e liquidações para ela conseguir disputar em outras situações. Ter esse apoio do Banpará deu a ela mais calma e mais lucidez para continuar os treinos", garante a mãe da atleta, Vera Solano, que há quatro anos vivencia com a filha as dificuldades da falta de recursos para garantir as participações em campeonatos nacionais e internacionais.

"Reconheceram o potencial dela, e isso foi dito pelo próprio presidente, Braselino Assunção, quando nos chamou para confirmar que ela seria patrocinada. Ele disse que o banco tem a honra e a graça de patrocinar uma atleta com a força que ela tem de representar o Estado", confirma a mãe.

Automobilismo - O mesmo alívio é vivenciado por Vinny Azevedo, 37 anos, piloto da Mercedes-Benz Challenge e Sprint Race, também patrocinado pelo Banpará depois de quatro anos representando o estado no automobilismo nacional e internacional. "Pela primeira vez temos uma empresa paraense legitimando nossa participação, um apoio que veio em um período muito complicado para incentivar a modalidade", reconhece o piloto, que dirige um carro com as cores da bandeira do Pará, em homenagem ao apoio.

"O Banpará tem como política patrocinar todas as modalidades porque entendemos que o esporte transforma vidas, e é diretriz do governo do Estado atrelar nosso nome ao esporte. Hoje patrocinamos o voleibol, o futebol de salão, o atletismo, a natação, o automobilismo e até mesmo o recém-criado mambol", reforça Braselino Assunção, presidente do Banpará.

Além de atletas independentes, clubes de futebol e o Campeonato Paraense, o Banpará, em outubro de 2020, comprou os direitos dos nomes dos estádios Baenão, do Clube do Remo, e Curuzu, do Paysandu, os dois maiores representantes do futebol paraense.

Por Carol Menezes (SECOM)