No dia do padroeiro dos pescadores, Governo assina decreto que beneficia a categoria no estado

Com a medida, será possível preservar o ambiente de trabalho desses trabalhadores gerando recursos e lazer para a prática da pesca com finalidades diversas

29/06/2021 18h29 - Atualizada em 29/06/2021 18h43

Nesta terça-feira (29), data que remete à celebração de São Pedro, considerado o padroeiro dos pescadores, o governador Helder Barbalho se reuniu com o secretário de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, Alfredo Verdelho, para assinar um decreto que estabelece novos critérios do acordo de pesca no estado com o objetivo de preservar, incentivar e estimular a pesca artesanal, industrial, pesca esportiva e diversas atividades da cadeia que posam ser fortalecidas. 

"O Pará é protagonista na atividade da pesca com o maior número de pescadores em todo o Brasil gerando renda e emprego. E claro, nós temos que estimular e motivar cada vez mais esse segmento fundamental preservando, mas também garantindo o impulso desse importante segmento em todo o nosso estado. Parabéns aos pescadores", finalizou o governador. 

Com o decreto será possível preservar o ambiente de trabalho dos pescadores gerando recursos e lazer para a prática da pesca científica, pesca comercial artesanal, pesca comercial industrial, pesca de subsistência e pesca esportiva. 

A data comemorativa ao Dia do Pescador, dia 29 de junho, tem origem cristã. A data foi escolhida por ser Dia de São Pedro, o apóstolo de Jesus e pescador de profissão que é considerado padroeiro da pesca, santo protetor do pescador.

Texto: Camila Botelho/Ascom Sedap

Por Luana Laboissiere (SECOM)