Grupo 100% Liberdade leva arte como terapia para Hospital Abelardo Santos, em Icoaraci

Missionários da Igreja do Evangelho Quadrangular promoveram momentos alegres de descontração e renovaram as esperanças de pacientes, nesta quarta, 26

26/05/2021 17h40 - Atualizada em 26/05/2021 17h52

Em Belém, o Hospital Regional Dr. Abelardo Santos, em Icoaraci, distrito de Belém, se tornou palco de um grande espetáculo. Missionários da Igreja do Evangelho Quadrangular levaram alegria, distribuíram solidariedade e arrancaram sorrisos de pacientes, acompanhantes e colaboradores. Na manhã desta quarta-feira (26), o Grupo 100% Liberdade fez a unidade hospitalar viver momentos de fé, por meio de peças teatrais, dança e música.   

Além de levar arte, o que imprimiu leveza às tarefas de praxes dentro do hospital, o evento objetivou também a renovação de esperanças nestes tempos difíceis. E foi esta a sensação de Thiago Alves, de 10 anos, que faz tratamento respiratório no Abelardo Santos, desde o ano passado. “Achei super legal ver, no hospital, uma peça de teatro. Aprendi sobre o amor de Deus nas nossas vidas. Sei que ele nos ama, e vai fazer o que for melhor para todos nós”, disse o menino.

Paciente renal crônica, Arlete Lima, de 42 anos, também, se surpreendeu com a dinâmica. “A música é sempre importante para todos os momentos. Ouvir louvores e ver as pessoas brincando e sorrindo dentro de um hospital, nos conforta e traz esperança. Aprendemos hoje, que cada momento é único e se estamos passando por qualquer dificuldade, seja ela qual for, vai passar”, ponderou ela.

O grupo apresentou o espetáculo teatral e com música também homenageou os profissionais de saúde, que vivem diariamente as lutas em prol da vida. Os missionários fizeram um coral voltado aos colaboradores. "Esse projeto estimula a rápida recuperação dos pacientes e nos dá força e esperança para lidar com esses tratamentos aqui nos hospital", agradeceu a enfermeira pediátrica, Josiane da Silva Barroso. 

Coordenadora de Humanização, Anny Segovia, informou que desde março de 2021, quando o Instituto de Saúde Social e Ambiental da Amazônia (ISSAA), criou a comissão de Humanização para estreitar o relacionamento dos colaboradores e pacientes, como forma de potencializar e melhorar o atendimento na unidade, “o setor de Humanização do Hospital Abelardo Santos tem como objetivo fazer eventos, dinâmicas e ações para todos que estão na unidade se sintam acolhidos, do atendimento às altas médicas”, disse ela.

Técnico de comunicação, Emerson Levy é pastor e explicou que o grupo atua em diversas unidades hospitalares no Estado. “Nosso trabalho é conhecido no Pronto-Socorro da 14 de Março, no Dom Zico e no Hospital Metropolitano, em Ananindeua. Além desses, atuamos em vários municípios do Pará. Ao total, são 600 missionários que levam a Palavra de Deus às pessoas que estão em um momento difícil da vida”.

“É um momento em que levamos o ânimo, reativamos sorrisos e trazemos Jesus, que é paz e alegria”, enfatizou o pastor Levy. Diante à pandemia, o espetáculo segue todos os cuidados de distanciamento social e de higiene.

*Texto: Roberta Paraense.

Por Governo do Pará (SECOM)