Seac e Sedop realizam vistoria técnica em obras de três Usinas da Paz

O objetivo foi acompanhar a evolução dos serviços realizados na Cabanagem, Icuí-Guajará e Marituba

11/05/2021 16h59 - Atualizada em 11/05/2021 17h44

Na manhã desta terça-feira (11), foi realizada uma visita técnica em três unidades das Usinas da Paz: da Cabanagem, Icuí-Guajará e Marituba, na Região Metropolitana de Belém. A ação contou com a participação de representantes da Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac) e da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop). O objetivo foi acompanhar a evolução das obras.

"Acompanhamos a evolução das obras, dos prédios e de cada estrutura, das piscinas, dos complexos esportivos, da estrutura como um todo. Nós estamos muito felizes em ver que o serviços estão avançando, e que os trabalhos estão seguindo conforme o cronograma de entrega, que está previsto para o segundo semestre deste ano, o que trará uma grande transformação social positiva para a comunidade desses territórios", afirmou o secretário adjunto da Seac, Raimundo Santos Junior.

Usina Icuí-GuajaráO engenheiro civil da Sedop, Wlyelison Barbosa, falou sobre o trabalho realizado durante as vistorias. "Fizemos o acompanhamento dos últimos meses da etapa das Usinas, no Estado. Visualizamos como estão evoluindo as estruturas, que seriam as partes de acabamento dos prédios, o início da estrutura pré-montada metálica, acompanhamos também as partes de ginásio e piscina, que estão sendo feitas. Também verificamos as questões de prazos e se o cronograma, que foi encaminhado pela empresa, está sendo executado de acordo com a realidade do local. A parte de fundação e de subestrutura já foram executadas, agora o empreendimento caminha para a parte de acabamento”, finalizou. 

MAIS SOBRE AS USINAS DA PAZ

A Usina da Paz é um projeto elaborado pelo Governo do Pará e coordenado pela Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac), em parceria com a iniciativa privada.

Usina Marituba O propósito é a construção de 10 Usinas na Região Metropolitana de Belém, e no sudeste do Estado. As obras são executadas em parceria com as empresas Vale e Hydro, que estão arcando integralmente com os custos. O governo não receberá nenhum recurso econômico, mas receberá as Usinas prontas e equipadas.

"As Usinas da Terra Firme, Jurunas e Guamá estão com previsão de entrega para o primeiro semestre de 2022, e ainda para o final desde ano a do bairro do Benguí e a do município de Canaã dos Carajás", disse Raimundo Santos Junior.

As UsiPaz terão complexos esportivos, salas de audiovisual, espaços de inclusão digital e vários serviços, como atendimento médico e odontológico, consultoria jurídica, emissão de documentos, ações de segurança, atividades profissionalizantes, espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade. Também haverá espaços para cursos livres e de dança, artes marciais, musicalização e biblioteca.

Por Elizabeth Teixeira (SEAC)