Dia do Campo conscientiza sobre a importância da produção rural para a sociedade

Emater contribui para o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar com ferramentas como o Dia do Campo, comemorado nesta segunda-feira (10)

10/05/2021 15h57 - Atualizada em 10/05/2021 16h53

Estima-se que mais de 70% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros são produzidos pela agricultura familiar Nesta segunda-feira (10), é comemorado o Dia do Campo, uma data criada com a intenção de chamar a atenção para a importância do campo para a economia, o meio ambiente e para a sociedade, em geral, além de incentivar a produção de alimentos de forma sustentável.

Em consonância com esses objetivos, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater), há mais de cinco décadas presente nos 144 municípios paraenses, e como órgão oficial de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) do Pará, tem a missão de promover o desenvolvimento sustentável, por meio do conhecimentos e tecnologias, que contribuam com a melhoria da qualidade de vida da sociedade rural.

"Menos de 20% da população brasileira, hoje, vive em áreas rurais. Mas, é essencialmente, do que é produzido por parte dessa população é que nós brasileiros conseguimos ter uma variedade de alimentos em nossa mesa, e estima-se que mais de 70% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros são  produzidos pela agricultura familiar, afirma o diretor Técnico da Emater, Rosival Possidônio.

O diretor Técnico da Emater, Rosival Possidônio, observa que os produtores paraenses não pararam de produzir durante a pandemiaEntre os objetivos institucionais da Emater, estão o planejamento, a coordenação e a execução de programas de assistência técnica e extensão rural que visam a difusão de conhecimentos de natureza técnica, econômica e social, para aumento da produção e produtividade agrícolas e a melhoria das condições de vida no meio rural do Estado Pará, de acordo com as políticas de ação dos governos estadual e federal.

Mesmo com a pandemia, a Emater realizou, em 2020, mais de 56 mil atendimentos em todo o Estado. O  trabalho está sendo mantido em 2021, com atendimento remoto ou mesmo presencial, orientados pelo que vem sendo definido pelas regras de bandeiramento para Covid-19, em cada uma das regiões.

“Assim como os produtores, que continuaram produzindo alimentos para que não faltassem na mesa dos paraenses, nós, da Emater, precisamos nos adequar para manter o atendimento aos trabalhadores familiares, seja por meio de videoconferências, (aplicativo de mensagens) whatsapp ou até pessoalmente, mas sempre respeitando as medidas de proteção com quantidades reduzidas de trabalhadores atendidos, uso de máscara. Tudo para que os agricultores e outros produtores não ficassem desassistidos", disse Rosival Possidônio.

Além da continuidade da assistência técnica, os agricultores de todo o Pará receberam mais de R$ 65 milhões, em financiamentos de crédito rural, a partir de projetos elaborados e internalizados pela Emater. Também no ano passado, foram emitidas mais de 14 mil Declarações de Aptidão (DAPs) ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) de pessoas físicas pela Emater, o que corresponde a 52,38% do total emitido no estado.

Outras 118 DAPs jurídicas também foram emitidas, correspondendo a 61,1% do total de DAPs jurídicas emitidas no estado.  A DAP é um documento essencial para que o agricultor possa acessar créditos e políticas públicas do Governo Federal, a exemplo do Pronaf e outras políticas públicas como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e o Programa de Habitação Rural.

*Por Etiene Andrade (Ascom / Emater). 

Por Governo do Pará (SECOM)