Sedop: ‘Asfalto por todo o Pará’ avança com obras em mais de cinco bairros de Belém

O programa já beneficiou moradores de mais de 90 municípios paraenses com serviços de pavimentação

26/04/2021 12h44 - Atualizada em 26/04/2021 15h14

Morador há 10 anos da Marambaia, o vigilante Benedito Veloso: "É feito um trabalho de qualidade que vai resolver o nosso problema”.Mesmo com as fortes chuvas do mês de abril em Belém, as obras do programa ‘Asfalto por todo o Pará’ seguem com ritmo acelerado em mais de cinco frentes de trabalho ativas na capital. Coordenadas pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), as obras garantem mais infraestrutura, mobilidade, segurança e qualidade de vida para a população na capital e nas 12 regiões de Integração do Pará. Mais de 90 municípios paraenses já foram contemplados com as ações.

O secretário adjunto de Desenvolvimento Urbano da Sedop, Valdir Acatauassu, explica que, atualmente, os serviços na capital estão distribuídos entre os bairros da Marambaia, Tenoné, Canudos, Marco e Terra Firme, além do Distrito de Icoaraci. Uma nova frente de serviço está prevista para a Cabanagem no próximo mês, com cerca de 3,5 km de pavimentação e drenagem.

"Estamos trabalhando no bairro da Marambaia, inclusive, com drenagem profunda, retirando as águas que ficavam acumuladas e despejando no canal São Joaquim. A Rua Carlos Drummond de Andrade está em obras para dar vazão a todo o tráfego daquela região do bairro”, ressalta o secretário.

Os bairros do Marco, parte da Terra Firme e Canudos estão com as obras em fase final, enquanto o bairro do Guamá já foi contempladoO engenheiro da Sedop, Wlyelison Barbosa, acompanhou as obras na Marambaia na manhã desta segunda-feira (26) e explicou que a declividade do terreno foi a principal dificuldade encontrada nesta etapa de obras no bairro.

“Tivemos que adequar a topografia existente para garantir o escoamento das águas da chuva. A Rua Carlos Drummond é plana em certos pontos, onde precisamos aumentar um pouco a altura do terreno com o aterro, em outros pontos precisamos fazer cortes na via para canalizar o escoamento da drenagem superficial e assim otimizar o escoamento com a drenagem profunda. Desobstruímos e criamos novos bueiros para isso. O objetivo é que a população possa sair sem problemas após a chuva e não tenha que pisar no alagado como anteriormente”, explica.

Há muitos anos, os moradores da Marambaia aguardavam por essas obras, segundo o vigilante Benedito Veloso, que mora no bairro há 10 anos, e relembrou o abandono em que viviam. “O governador prometeu que olharia por nós e está fazendo, a palavra dele está sendo cumprida e a população está muito feliz depois de tanto sofrimento. Nenhum gestor assumia essa responsabilidade e iam só deixando pra depois. Está sendo feito um trabalho de qualidade que vai resolver o nosso problema”, ressalta.

Sílvia Wanzeler tem um mercadinho na Marambaia: "Certeza que as vendas vão melhorar, assim como a nossa qualidade de vida”.A empresária Silvia Wanzeler é dona de um mercadinho há 10 anos na Marambaia e explica que os alagamentos comprometiam muito as suas vendas. “Quando chovia, ninguém conseguia nem passar aqui na frente e eu não conseguia vender. Tanto tempo de espera por uma obra como essa e agora a expectativa é de ver a nossa rua bonita, sem alagamentos, sem cobras e ratos que apareciam com as chuvas, sem sofrimento. Certeza que as minhas vendas vão melhorar, assim como a nossa qualidade de vida”, afirma.

FRENTES DE TRABALHO

No bairro do Tenoné, os serviços iniciaram na rua Alacid Nunes, desde a Sexta Rua até as margens do rio Maguari. “Essa rua foi abandonada, nunca houve um trabalho de pavimentação e atende uma população muito grande, principalmente na comunidade do Conjunto Laranjeira”, informa Valdir Acatauassu.

Em Canudos, as obras seguem na passagem Eduardo, que atende a feira da localidade, nas proximidades da área do Tucunduba. Após a conclusão dos serviços de drenagem profunda e pavimentação, será a vez da passagem Imirema.

As obras têm a coordenação da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop) e já beneficiaram 90 municípios No Distrito de Icoaraci, os serviços continuam na Dias da Fonseca, na 20 de Setembro e transversais. As obras no Recanto Verde estão em fase de conclusão. A drenagem, segundo o secretário adjunto da Sedop, fará com que aquelas águas que vêm se acumulando sigam a direção de escoamento correta, conforme as normas técnicas e o meio ambiente.

Os bairros do Marco, parte da Terra Firme e Canudos já estão com as obras em fase final. O bairro do Guamá já foi contemplado.

Por Giovanna Abreu (SECOM)