Declaração de Aptidão ao Pronaf fortalece cooperativa e agricultura familiar em Mãe do Rio

Emater acompanha agricultores do município há 15 anos e há três os assessora na cooperativa, cuja produção é destinada aos programas federais de alimentação

22/04/2021 13h42 - Atualizada em 22/04/2021 14h32

Agricutores e técnicos da Emater comemoram a renovação da aptidão ao Programa Nacional de Agricultura Familiar em Mãe do RioVinte e sete agricultores familiares tiveram as Declarações de Aptidão ao Pronaf (DAP) renovadas e outros cinco receberam o documento pela primeira vez, em abril, por meio do assessoramento do Escritório Local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará ( Emater) em Mãe do Rio, nordeste do Pará.

Todos os produtores integram a Cooperativa de Produção e Comercialização dos Agricultores Familiares -COOPROCOFAM, que reúne  63 cooperados de projetos de assentamentos e outras propriedades rurais localizadas nos municípios de Mãe do Rio e Capitão Poço. Além das DAPs individuais foi feita a renovação da DAP Jurídica da cooperativa, criada em 2018, e que, desde então, fornece alimentos provenientes da agricultura familiar por meio dos programas de Aquisição de Alimentos ( PAA) e Nacional da Alimentação Escolar ( PNAE).

“Nós acompanhamos esses agricultores há mais de 15 anos e há três, com a organização deles em cooperativa e a emissão da DAP Jurídica, eles tiveram facilidade para fornecer uma variedade  de produtos oriundos da agricultura familiar, desde  hortifrútis, leite, carne para os quais, antes da cooperativa, tinham enorme dificuldade de comercializar e agora têm mercado certo”, afirma o coordenador do escritório local de Mãe do Rio, Jorge Medeiros.

Além do acesso ao mercado institucional, por meio do PAA e do PNAE, que garante aos agricultores a venda de tudo o que produzem organizados em cooperativa, eles conseguem obter descontos na compra de insumos agrícolas, como afirma o presidente da COOPROCOFAM, Antônio Marivaldo Borges.

Há três anos, cooperativa garante a venda de toda a produção dos 63 agricultores cooperados de Mãe do Rio e Capitão PoçoRENDA

“O apoio da Emater em Mãe do Rio foi essencial porque, além de nos dar assistência técnica, nos deu acesso aos programas institucionais pra venda da nossa produção. Além disso, conseguimos comprar os produtos pra nossa produção por um valor menor. Tudo isso melhorou a nossa renda”, afirma o presidente da Cooperativa. 

Os bons resultados obtidos pela COOPROFOCAM vêm chamando a atenção de outros agricultores da região e a expectativa é de que este ano mais cinquenta agricultores familiares estejam aptos a integrar a cooperativa.

As ações do escritório local da Emater no município para a emissão de DAPs e inserção dos produtores no PAA e PNAE contam com o apoio da Secretaria Municipal de Agricultura de Mãe do Rio.

*Por Etiene Andrade ( Ascom - EMATER)

Por Rodrigo Reis (EMATER)