Seel divulga lista preliminar de contemplados pelo Programa Bolsa Talento

O auxílio financeiro do governo do Estado garante aos atletas tranquilidade para manter o treinamento, principalmente durante a pandemia

16/04/2021 20h44 - Atualizada em 17/04/2021 10h16

“Sempre foi uma honra muito grande receber esta Bolsa, e ainda mais por ser um reconhecimento ao meu trabalho como atleta, principalmente neste período em que sabemos a dificuldade para conseguir se manter financeira e psicologicamente. Receber esta Bolsa é mais um alento pra tentar seguir firme e continuar treinando”, afirmou Victor Matheus Oliveira, um dos 76 atletas que está na lista preliminar do Programa Bolsa Talento – Ano Base 2017, da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), divulgada na quinta-feira (15).

Com 24 anos, o mesa-tenista já havia sido contemplado nas edições Ano Base 2011, 2012, 2013 e 2016. Colecionador de medalhas em competições nacionais e estaduais, o principal título de Victor Matheus é de campeão paraense em 2015. Ele disse que diante da atual situação provocada pela pandemia de Covid-19, a vida de atleta ficou mais difícil, por isso o recurso liberado pelo programa é importante na preparação.O mesa-tenista Victor Matheus Oliveira, um dos contemplados pela Seel com o incentivo

“O Bolsa Talento, na verdade, é o único patrocínio que tenho. Com ela consigo comprar material, custear viagens, inscrições em campeonatos e custear o esporte, que é considerado caro. Com certeza, não só eu. Outros atletas vão ficar lisonjeados em receber esse apoio”, afirmou Victor.

Pela primeira vez o paratleta de atletismo Carlos Vanderley Sousa, 44 anos, receberá o auxílio do Estado, na categoria Nacional. O esporte entrou na vida de Carlos aos 16 anos, com o basquete em cadeira de rodas. Em seguida, passou para o atletismo. “Estar entre os nomes na lista proporciona um bom modo de vida para mim, para meu treinamento e para o Estado do Pará, pois significa que o meu esforço valeu a pena, e posso levar ir a um patamar mais alto em competição nacional”, ressaltou. O paratleta de atletismo Carlos Vanderley Sousa vai receber o auxílio pela primeira vez

Estímulo - O “Bolsa Talento” foi criado em março de 2008 pelo governo do Estado para estimular o desenvolvimento físico, social e psicológico de atletas que representam o Pará em competições locais, regionais e nacionais.

A lista preliminar, divulgada no site da Seel, tem 76 nomes, incluindo atletas e técnicos. Todos terão que comparecer à Secretaria, localizada na Avenida Augusto Montenegro, KM-03, em Belém, nas datas previstas no calendário, levando cópias do RG, CPF, comprovante de residência (atualizado), declaração de plena atividade esportiva e informações bancárias, obrigatoriamente conta corrente. Atletas menores de idade devem estar acompanhados do responsável legal, com os documentos listados do responsável.

As Entidades de Administração do Desporto indeferidas poderão interpor recurso administrativo no protocolo da Seel, endereçado à Comissão Técnica de Avaliação e Seleção do Programa, até a próxima segunda-feira (19).

“Nosso objetivo é dar oportunidade para que os atletas continuem sua preparação na modalidade esportiva de forma efetiva, conseguindo focar no seu treino sem ter que se preocupar com a situação financeira. Estamos trabalhando para diminuir as dificuldades e garantir bons resultados no esporte”, garantiu o titular da Seel, Arlindo Silva. (Texto: Bianca Rodrigues - Seel).

Lista Preliminar - http://www.seel.pa.gov.br/sites/default/files/bolsa_talento_-_ano_base_2017_-_lista_de_pleiteantes_previamente_contemplados.pdf

Calendário para Assinatura - http://www.seel.pa.gov.br/sites/default/files/bolsa_talento_-_ano_base_2017_-_calendario_para_assinatura_ficha_de_contemplado.pdf

Pleiteantes Indeferidos - http://www.seel.pa.gov.br/sites/default/files/lista_de_pleiteantes_indeferidos.pdf

Por Governo do Pará (SECOM)