Em Augusto Corrêa, Emater realiza capacitação para o Cadastro Ambiental Rural

12/04/2021 14h56 - Atualizada em 12/04/2021 15h49

Dez servidores da prefeitura de Augusto Corrêa participaram, no último fim de semana, de um curso básico em georreferenciamento, realizado pelo escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) no município, em parceria com as Secretarias Municipais de Agricultura, de Meio Ambiente e de Planejamento.

O treinamento foi voltado aos técnicos das secretarias de Agricultura e de Meio Ambiente visando qualificá-los a analisar as situações práticas de campo e tirar as coordenadas para a realização do Cadastro Ambiental Rural – CAR, em Augusto Corrêa. 

“A Unidade Didática de Bragança (UDB) nos disponibilizou o engenheiro agrônomo Felipe Ribeiro, que ministrou o curso que tem o objetivo de treinar os funcionários para elaboração do CAR e avançar nas metas municipais. Foram três dias de parte prática e teórica sempre respeitando o decreto estadual e mantendo o distanciamento, com segurança”, explicou o chefe do escritório local da Emater em Augusto Corrêa, Gilmar Alves Costa. 

Atualmente, o município possui menos de 30% de suas propriedades cadastradas, mas a expectativa é que com o reforço dos servidores municipais seja possível chegar a 80% de propriedades com o cadastro ainda este ano, o que é essencial para se obter uma imagem real da situação ambiental do município, afirma a secretária de meio ambiente de Augusto Corrêa, Fabrícia Penha. 

“A capacitação dos nossos profissionais possibilitará agilidade no processo de  realização do CAR. Atualmente, nosso município cadastrou cerca de 28% das propriedades rurais, nosso objetivo é alcançar a meta de 80%. A inscrição no CAR representa o primeiro passo para obtenção da regularidade ambiental, facilitando a vida do proprietário rural na obtenção do licenciamento ambiental”, considera a secretária.

Todas as propriedades rurais com até quatro módulos fiscais( 220 hectares), devem realizar o cadastro que será emitido gratuitamente pelo Governo do Estado. 

O CAR é um documento obrigatório para que os produtores rurais acessem as diversas linhas de crédito agrícola e participem da venda de produtos para a merenda escolar via Programa Nacional da Alimentação Escolar (PNAE), e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). O objetivo é avançar com CAR no município visando a preservação ambiental e o desenvolvimento agrícola.

“Vamos unir Emater e Prefeitura Municipal para aumentar a produção de CAR no município e avançar rumo aos 80%. Ambientalmente falando, o cadastro vai criar um banco de dados que irá apresentar a situação do município em relação ao desmatamento, áreas de preservação permanente e nascentes. E para os agricultores vai ajudar no acesso a políticas públicas como credito rural, PAA, Pnae entre outros”, conclui o chefe do escritório local.

Por Etiene Andrade (EMATER)