Governo trabalha na requalificação da rua Padre Bruno Secchi, em Belém

A via tem obras para a instalação da nova rede de drenagem, duplicação e nova pavimentação. Após essas fases, serão feitas as calçadas, entre outros serviços

07/04/2021 16h20 - Atualizada em 07/04/2021 17h08
Por Michelle Daniel (NGTM)

Governo do Estado executa obras de requalificação no Bengui, por meio do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano As obras de requalificação da rua Padre Bruno Secchi, no bairro do Bengui, em Belém, seguem executadas por etapas pelo Governo do Pará, por meio do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM). Nesta fase, há trechos em atividades para a instalação da nova rede de drenagem, duplicação da via e nova pavimentação. Após essas fases, serão feitas as calçadas com acessibilidade, sinalização e instalada nova iluminação pública.

As equipes estão distribuídas ao longo de 4,2 km da via. Entre as ruas Ajax de Oliveira e Japonês, vem sendo concluído o serviço de drenagem profunda e a nova pavimentação asfáltica. Já entre o canteiro de obras, próximo à rodovia Tapanã, e a rua Santa Clara, a drenagem foi finalizada e se inicia o serviço da nova pavimentação.

Durante os serviços, o fluxo de veículos é alterado e devidamente sinalizado para a segurança da população que trafega no local e também dos trabalhadores a fim de evitar acidentes. Com o avanço das obras a partir da retirada de algumas interferências, a rua Padre Bruno vem sendo duplicada e recebendo as melhorias necessárias previstas dentro da requalificação, no trecho entre a avenida Centeário e rodovia Tapanã – entregue à população em outubro do ano passado, dentro do mesmo conceito de obras.

Moradora, Maria Silva, dona de casa, 59 anos: "Eu cansei de cair em buracos. O pessoal está de parabéns mesmo".Mário Oliveira, trabalha em uma sucata na rua Padre Bruno, próximo à rua do Japonês. Ele tem acompanhado os serviços e afirma que, embora ainda não finalizados, os serviços já beneficiam a população na área.

“Aqui era só uma via de mão dupla, estreita e só buraco. Nesse trecho onde não era duplicado, era só, mato e lixo. Tenho visto o trabalho que está sendo feito e está ótimo. Sei que ainda tem muita coisa para ser feito, mas em comparação com o que era, já melhorou muito. A gente espera que seja concluído logo”, afirmou o trabalhador.

A requalificação da rua Padre Bruno, no Bengui, assegura melhorias na mobilidade urbana para a população e trafegabilidade de cargasA dona de casa Maria de Jesus da Silva, de 59 anos, lembrou o tempo difícil dos buracos, lama e perigo. “A gente andava bem na beira da pista mesmo, disputando com os carros. Sem contar que tinha muito buraco e quando chovia, piorava porque a lama cobria o buraco. Eu cansei de cair em alguns. Já moro na rua Yamada (atual Padre Bruno Secchi) há mais de 30 anos e nunca vi melhorias como essa agora. O pessoal ‘tá’ de parabéns mesmo. A gente era muito carente”, conta.

 “Elas (as obras) são de grande interesse social porque mexem com a vida das pessoas em todo o município de Belém e também na região metropolitana, juntamente com a rodovia Tapanã, que interligam com três grandes corredores viários: Arthur Bernardes, Augusto Montenegro e Centenário”, enfatizou o diretor-geral do NGTM, engenheiro Eduardo Ribeiro.

Ele destacou a importância da continuidade das obras tempos de pandemia. “A requalificação da rua Padre Bruno possibilitará grande melhoria na mobilidade urbana para a população e trafegabilidade de cargas, beneficiam diretamente cerca de 500 mil pessoas e indiretamente toda a região metropolitana. A previsão de conclusão é dezembro deste ano”, ressaltou o diretor-geral, Eduardo Ribeiro.