Segup apresenta balanço final da Operação Semana Santa 2021

Foram registradas 105 infrações em todo o Estado, destas 98 de pessoas físicas e sete de pessoas jurídicas

06/04/2021 16h22 - Atualizada em 06/04/2021 16h53

Operação “Semana Santa 2021” intensificou ação policial em balneários como Salinas, onde 44 estabelecimentos foram fiscalizados

Os procedimentos realizados contaram com bloqueio do acesso às praias, balneários e afins. A Polícia Militar intensificou o policiamento ostensivo e realizou 16.285 abordagens entre pessoas, estabelecimentos, veículos e embarcações. Foram presos 113 adultos, oito menores apreendidos, sete armas de fogo apreendidas e 30 veículos recuperados. Cerca de 10 kg de entorpecentes foram aprendidos durante a operação.

Equipes da Polícia Civil, que durante a pandemia realizam a fiscalização de estabelecimentos comerciais, intensificou suas ações durante a operação. Em Salinas, por exemplo, houve um total de 44 estabelecimentos fiscalizados e destes, 13 foram fechados por irregularidades encontradas.

O Corpo de Bombeiros, que desempenhou a fiscalização nas praias, totalizou 3.017 atendimentos de advertências e orientações nos balneários. Na operação Estrada, que compôs a Operação Semana Santa, houve um total de 13 ocorrências nas unidades de resgates e 18 pessoas atendidas. 

As atividades desenvolvidas pelos órgãos de Segurança Pública contabilizam mais de 16 mil abordagens em todo o território paraenseNa avaliação do coronel Alexandre Mascarenhas, secretário adjunto de Operações, as atividades desenvolvidas pelos órgãos de segurança pública tiveram êxito no que diz respeito ao cumprimento nos preceitos legais do decreto estadual.   

“O resultado foi bem positivo, mais de 16 mil abordagens foram feitas pela Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros orientou mais de 3 mil pessoas, inclusive fazendo advertências e até multando. Vários estabelecimentos foram fiscalizados. O Detran se fez presente em rodovias estaduais com cerca de 200 servidores e 22 pessoas que eram condutoras foram de alguma forma autuadas, seja administrativamente ou criminalmente por estarem conduzindo sob efeito de bebida alcoólica”, disse. 

Durante o período do feriado prolongado foram registradas 105 infrações em todo o Estado, destas 98 de pessoas físicas e sete de pessoas jurídicas. Apesar do bandeiramento vermelho em vigor, o número demonstra que ainda há descumprimentos das normas e atuação do Governo do Estado em coibir estas práticas.

“Infelizmente, alguns cidadãos relutam em cumprir os preceitos do decreto do Estado que tem o objetivo de conter o contágio do coronavírus, mas foram advertidas, orientadas e em alguns até multadas”, acrescentou Mascarenhas.

A operação Semana Santa reuniu equipes do Detran, Polícia Militar, Polícia Civil, Defesa Civil, Grupamento Fluvial (Gflu), Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp), Corpo de Bombeiros, Centro Integrado de Operações (Ciop), Disque Denúncia, Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, entre outros órgãos que atuarão de forma integrada.

Operação nas estradas - Ao todo, 22 condutores foram autuados por dirigirem sob influência de álcool durante a Operação Semana Santa/Covid-19 do Departamento de Trânsito do Estado (Detran).

A operação integrou as ações dos órgãos de segurança pública na fiscalização de praias, igarapés, balneários e similares nos municípios da Região Metropolitana de Belém e também em Marapanim, Soure, Vigia de Nazaré, Conceição do Araguaia, Itaituba, Marabá, Parauapebas, Redenção, Santarém, Salinópolis, Bragança, Breves, Barcarena, Abaetetuba, Tucuruí, Acará, Tailândia, Uruará, Igarapé-Miri, Palestina do Pará e Goianésia do Pará, além do distrito de Mosqueiro.

Dos condutores autuados por embriaguez, quatro foram encaminhados pela Polícia Civil para os procedimentos por crime de direção sob influência de álcool. No total, 990 veículos foram autuados no período, um deles com registro de roubo e furto, e recuperado no município de Uruará, e seis removidos aos parques de retenção.

Foram registradas cinco ocorrências de acidentes sem vítimas na BR-316. Na rodovia PA-140, um acidente vitimou fatalmente uma criança de 12 anos, sendo o condutor do veículo e outras duas pessoas encaminhadas para atendimento médico em Santo Antônio do Tauá, com os primeiros socorros realizados por agentes do Detran e Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

Por André Macedo (Ascom/Segup).

Por Aline Saavedra (SEGUP)