Renda Pará e Fundo Esperança retomaram pagamentos nesta quinta-feira (1º)

Programas do Governo do Pará são estratégias para ajudar economicamente pessoas em situação de vulnerabilidade social e empreendedores paraenses

01/04/2021 12h48 - Atualizada em 01/04/2021 15h18

O Programa Renda Pará iniciou em 11 de março e já concedeu auxílio financeiro para mais de 300 mil famílias paraensesO Governo do Pará retomou o pagamento dos auxílios, nesta quinta-feira (1º), para pessoas físicas e jurídicas, como forma de reforço econômico diante da crise sanitária provocada pela pandemia do novo coronavírus. Os benefícios atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social e empreendedores paraenses, conforme cronograma de nascimento ou constituição empresarial.

A estrutura operacional é conduzida pelo Banco do Estado do Pará (Banpará). “Para que as pessoas que se dirigem para as agências do banco tenham maior comodidade e no sentido também de evitar aglomerações, o Banpará dividiu as datas de pagamentos de acordo com mês de aniversário das pessoas físicas e de constituição das pessoas jurídicas", explica o presidente da instituição financeira, Braselino Assunção.

"Por exemplo, o Renda Pará, nos dias 1º e 5 de abril, pagará os beneficiários nascidos no mês de julho. Já o Fundo Esperança, nas mesmas datas, efetuará o pagamento para as pessoas que nasceram ou empresas constituídas em maio. E categorias contempladas com o valor de R$ 500, no Renda Pará, também receberão nestes dias aquelas pessoas nascidas em janeiro”, acrescentou Braselino Assunção.

Na próxima segunda-feira (5), serão reabertas as inscrições para as categorias de manicure, pedicure, cabeleireiros, barbeiros, esteticistas e maquiadores que não conseguiram se inscrever, em decorrência da demanda que gerou instabilidade no sistema. “Para essas pessoas que vão se inscrever no dia 5 e que nasceram também janeiro receberão os seus benefícios no próprio dia 5 e os calendários subsequentes serão observadas as datas estabelecidas”, acrescentou o presidente do Banpará.

O Programa Renda Pará representa um incremento de R$ 100, no orçamento das famílias em situação de vulnerabilidade social, cadastradas no Programa Bolsa Família, do governo federal. “Iniciamos hoje mais uma etapa de pagamentos referente ao Renda Pará e a nossa meta é atender um milhão de famílias de baixa renda do Estado", enfatizou a secretária de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), Hana Ghassan. 

"O Programa iniciado no dia 11 de março já concedeu o auxílio financeiro para mais de 300 mil famílias paraenses. Estamos em um momento que carece de atenção e por isso trabalhamos sem medir esforços para que os mais atingidos financeiramente pela pandemia da Covid-19 recebam a devida atenção”, reforçou a secretária, Hana Ghassan. 

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) gerencia o Fundo Esperança. “O Programa segue garantindo o financiamento para os empreendedores que enfrentam dificuldades econômicas durante a pandemia da Covid-19. Hoje (01), iniciaram os atendimentos para as pessoas jurídicas constituídas em maio e pessoas físicas nascidas neste mesmo mês de referência. É importante ficar atento à data e também verificar a documentação necessária para ir até ao Banpará para efetivar a assinatura do contrato de crédito e sacar o valor disponibilizado”, pontuou Carlos Ledo, titular da Sedeme.

Com recursos do Tesouro Estadual, o Fundo já disponibilizou R$ 153 milhões a 66 mil empreendedores em 2020 e disponibilizou, desta vez, mais R$ 150 milhões, para garantir a sobrevivência dos pequenos negócios e assegurar emprego e renda para grande parte da população paraense.

Conforme o regulamento do programa, o valor de cada financiamento observa os limites por pessoa física ou jurídica: até R$ 2 mil para empresários informais e integrantes da economia criativa; até R$ 5 mil para microempreendedores individuais, e até R $10 mil para microempresas. A novidade da etapa de 2021, é que além das empresas de pequeno porte e cooperativas de trabalho, também são beneficiadas as cooperativas de agricultura familiar e transporte que podem obter financiamento no valor de até R$ 15 mil.

Calendário de pagamento Fundo Esperança (Por mês de nascimento - PF/ Por mês de Constituição - PJ)

- Maio: 01 e 05 de abril

- Junho: 06 e 07 de abril

- Julho: 08 e 09 de abril

- Agosto: 12 e 13 de abril

- Setembro: 14 e 15 de abril

- Outubro: 16 e 19 de abril

- Novembro: 20 e 22 de abril

- Dezembro: 23 e 26 de abril

 

Calendário de Pagamento Renda Pará

- Julho: 1º e 5 de abril

- Agosto: 6 e 7 de abril

- Setembro: 8 e 9 de abril

- Outubro: 12 e 13 de abril

- Novembro: 14 e 15 de abril

- Dezembro: 16 e 19 de abril

 SERVIÇO

RENDA PARÁ

O atendimento é realizado das 8h às 15h em agências do Banpará, sendo das 8h às 9h para o grupo de risco e, das 9h ‪às 14h, para beneficiários do Renda Pará e demais serviços bancários. A partir das 14h, o atendimento é exclusivo para beneficiários do Programa. 

FUNDO ESPERANÇA

Mais informações estão disponíveis no site da Sedeme: www.sedeme.pa.gov.br/fundo-esperanca 

E-mail da Sedeme: fundoesperanca@sedeme.pa.gov.br;

Telefone da Sedeme: (91) 98466-6404 (WhatsApp).

Por Dayane Baía (SECOM)