Curso do Detran enfatiza importância da educação para o trânsito em Cametá e Ananindeua

A meta é formar agentes multiplicadores das práticas seguras de atuação no trânsito em todas as regiões

12/03/2021 19h16 - Atualizada em 12/03/2021 20h34

O curso “Agente Multiplicador em Educação para o Trânsito″ começa sua programação de 2021O Departamento de Trânsito do Estado (Detran) encerra nesta semana, nos municípios de Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém, e Cametá, no Baixo Tocantins, os primeiros cursos “Agente Multiplicador em Educação para o Trânsito” de 2021. O curso objetiva formar uma rede de parceiros locais, para que possam multiplicar projetos e ações educativas para a educação no trânsito. A ênfase dessas iniciativas é a conscientização de condutores e pedestres sobre a necessidade de reduzir acidentes e preservar a vida.

“Quando trabalhamos a prevenção de acidentes de trânsito em casa, na escola, no local de trabalho, na comunidade ou em qualquer outra organização, estamos engajando a sociedade para melhorar e preservar a vida das pessoas”, explica a pedagoga do Detran, Geisa Tavares. Os conhecimentos repassados visam reduzir acidentes no trânsito e preservar vidas

Durante o curso, os futuros multiplicadores aprofundaram o conhecimento sobre diversos assuntos, como ética e cidadania, noções de legislação de trânsito, psicologia do trânsito, diretrizes e metodologia de educação para o trânsito e práticas educativas.

Em Ananindeua, o curso foi solicitado pela prefeitura local e encerrou nesta sexta-feira (12), com a participação de 10 gestores, que vão estar à frente das ações no município. “O curso chega numa hora em que o trânsito de Ananindeua precisa retomar ações educativas. Nosso foco será trabalhar primeiramente com os mototaxistas, e depois expandir para todos os condutores”, informa o diretor de Educação de Trânsito de Ananindeua, Walter Bonfin.O diretor de Educação de Trânsito de Ananindeua, Walter Bonfin, enfatiza a retomada das ações educativas no município

O secretário municipal de Transporte e Trânsito, Thalles Belo, acompanhou a formação, e destaca que o treinamento vai ajudar a mudar o comportamento dos próprios agentes de trânsito, assim como dar suporte às ações nas vias e nas escolas. “Foi um curso que veio ao encontro dos nossos anseios. Estamos trabalhando a mobilidade viária, e a educação vai nos ajudar a ensinar o usuário a promover a paz no trânsito, com respeito ao ciclista e ao pedestre, que hoje é um dos maiores problemas do trânsito na cidade”, enfatiza.

Legislação e comportamento - Em Cametá, a formação dos agentes multiplicadores teve início na última segunda-feira (8), com a parceria do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMUTT) e da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran).O secretário municipal de Transporte e Trânsito, Thalles Belo, acompanhou a formação em Ananindeua

Com público voltado para professores, agentes de trânsito e profissionais da saúde, o curso contou com 16 participantes divididos em duas turmas, para respeitar os protocolos estabelecidos de combate à pandemia de Covid-19. As disciplinas ministradas enfatizaram a legislação e o comportamento seguro no trânsito, a fim de integrar os participantes às dinâmicas e particularidades do trânsito no município.

O Detran informa que outros cursos de agente multiplicador devem ocorrer ao longo do ano, em todas as regiões do Pará. Em 2020, o órgão realizou oito formações em sete municípios.

Por Leidemar Oliveira (DETRAN)