Seaster e Cohab asseguram atendimentos às vítimas do incêndio em Icoaraci

A ação é realizada na quadra da Olaria, próximo ao local onde o fogo iniciou e tem como objetivo levar assistência às famílias impactadas pelas chamas

08/03/2021 14h02 - Atualizada em 08/03/2021 14h55

Cohab e Seaster iniciaram hoje (8) o cadastro das famílias vítimas do incêndio na Vila Itália, em Icoaraci, distrito de Belém, neste domingoA Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) e a Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) iniciaram hoje (8) o cadastramento das famílias vítimas do incêndio ocorrido na Vila Itália, no bairro da Campina, em Icoaraci, distrito de Belém, na noite de ontem (7). A ação é realizada na quadra da Olaria, próximo ao local onde o fogo iniciou e tem como objetivo levar assistência às famílias impactadas pelas chamas.

"Já iniciamos de imediato o atendimento às vítimas. Nesse primeiro momento realizamos o levantamento das residências que foram impactadas, analisando o que foi destruído e também a área do entorno. Ao mesmo tempo estamos no local realizando o atendimento social aos moradores. Esse trabalho é importante porque vai permitir que os moradores tenham acesso ao "Sua Casa", que concede auxílio na reconstrução das casas das famílias que se enquadram nos critérios dos programas", avaliou Luís André Guedes, presidente da Cohab.

Os servidores da Companhia de Habitação avaliaram a situação dos imóveis e conversaram com as vítimas sobre o cadastramento no "Sua Casa". Programa habitacional estadual que garante auxílio para a construção, reconstrução e ampliação de imóveis ocupados legalmente por famílias que recebem até três (3) salários mínimos. 

Equipes da Seaster e Cohab conversam com as famílias atingidas e orientam para acesso a programas e benefícios pertinentesO "Sua Casa" consiste na concessão de dois benefícios, com o objetivo de garantir auxílio financeiro para aquisição de material de construção e pagamento da mão de obra. O valor concedido é de até 21 mil reais. Todos os valores são calculados levando em consideração dados previstos em uma tabela técnica.

Entre as principais informações repassadas para a comunidade estão os critérios estabelecidos em lei para o recebimentos dos benefícios do programa e os documentos necessários para a inscrição. Desde 2019 a Cohab já atendeu 151 pessoas vítimas de incêndio em todo Pará. O recurso destinado pela Companhia, por meio do "Sua Casa", aos moradores que tiveram os imóveis atingidos por fogo foi de R$ 1.318.900,00.

Assistência Social

Uma equipe da Seaster também está no local atuando, neste primeiro momento, articulando e orientando a formulação de um relatório social que será emitido pela Funpapa, com o detalhamento das informações relacionadas aos atingidos. Após a emissão deste relatório, a Secretaria dará início ao processo de concessão do benefício eventual. A Secretaria de Assistência estadual também atua com o encaminhamento para emissão de certidão de nascimento.

O titular da Seaster, o secretário Inocêncio Gasparim, reforça que diante de sinistros e situações de calamidade pública, a Seaster envia ao local equipes para atuar com rapidez e celeridade, a fim de orientar os trâmites documentais e, consequentemente, dar o retorno positivo às famílias.

"Além do suporte através do assessoramento e da emissão de novos documentos, a assistência estadual também fica responsável por um benefício eventual que é concedido em casos de calamidade pública e situações de vulnerabilidade. Este benefício consiste em um salário mínimo pago por três meses a famílias que tiveram perda total e a cota de um salário mínimo para quem teve perda parcial. Nós seguimos empenhados para que todos os atingidos tenham o total apoio do Estado nesse momento tão difícil", destacou o secretário Inocêncio Gasparim.

Morador da Vila Itália, em Icoaraci, Diego Humberto Marinho Lisboa: "Esse trabalho que estamos vendo é muito importante".Diego Humberto Marinho Lisboa conta que teve a casa atingida pelas chamas e pouca coisa sobrou. "Foi tudo muito rápido. Perdemos praticamente tudo. Agora toda ajuda que nós conseguirmos é importante. E esse trabalho que estamos vendo é muito importante", afirmou o pintor.

Durante a manhã desta segunda-feira, além da equipe do Corpo de Bombeiros do Estado do Pará, técnicos da Cohab, da Defesa Civil Estadual e Municipal, da Seaster e Fundação João Paulo XXIII (Funpapa) também estiveram no local onde as chamas iniciaram. 

Para a coordenadora da Defesa Cívil Municipal, Cristiane Ferreira, a ação em parceria entre Estado e Município é fundamental para o atendimento das vítimas. "Se não fosse esse apoio, não seria possível fazer um atendimento tão célere às famílias. Nós estamos atuando de forma integrada para ver se todos os ângulos as formas de atendimento aos moradores", pontuou a coordenadora.

Serviço Sua Casa:

Os interessados em se cadastrar no programa podem se dirigir ao prédio da Cohab, na passagem Gama Malcher, nº 361, no bairro do Souza, em Belém. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (91) 3214-8521.

Por Ronan Frias (COHAB)