Terminal Hidroviário de Bagre, no Marajó, será reconstruído pela CPH

Obra está em fase de elaboração do projeto básico e executivo do espaço

25/02/2021 11h23 - Atualizada em 25/02/2021 11h42

O prefeito de Bagre, Cleberson Rodrigues, e o presidente da CPH, Abraão BenassulyO terminal hidroviário de Bagre, no arquipélago do Marajó, será reconstruído em breve pela Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH). Na manhã desta quinta-feira (25), o presidente da CPH, Abraão Benassuly, e o prefeito do município, Cleberson Rodrigues, assinaram o termo de cooperação técnica para revitalização do espaço.

"Essa obra vai melhorar o acesso à cidade, já que os moradores vão ganhar um terminal hidroviário moderno e isso vai possibilitar mais conforto e segurança aos nossos usuários. Além disso, o equipamento também vai atuar no escoamento da produção local da cidade. O Estado continua avançando na reconstrução desses espaços, assim como vem fazendo na malha rodoviária também", destaca Abraão Benassuly, presidente da CPH.

O presidente da CPH adiantou que a obra está em fase de elaboração do projeto básico e executivo, e que após essa etapa, deve ser aberta licitação para contratar a empresa que vai realizar a reconstrução do espaço. Após a revitalização, o terminal contará com cadeiras confortáveis, banheiros, guichês para vendas de passagens, lanchonete, salas para órgãos do governo, guarda-volumes, TV e bebedouro. Já a obra naval contemplará a instalação de rampa metálica biarticulada coberta e flutuante coberto, para embarque e desembarque de passageiros.

Para o prefeito de Bagre, Cleberson Rodrigues, a reconstrução do terminal vai trazer mais segurança para os moradores da cidade, que necessitam de um espaço adequado para realizar as viagens. "Vai ser muito importante para o município porque ele integra a zona rural e as regiões de Breves e Curralinho, sendo um importante entreposto de passageiros e cargas da região. Então essa obra vai trazer dignidade para os nossos estudantes e população em geral, além de valorizar o município como um importante ponto turístico. Essa reconstrução vai abrilhantar mais o nosso município", disse o gestor.

Por Bruno Magno (CPH)