Representantes da Sejudh visitam comunidade terapêutica na Vigia

19/02/2021 16h22 - Atualizada em 19/02/2021 17h11
Por Gerlando Klinger (SEJUDH)

Na manhã desta sexta-feira (19), representantes da Coordenadoria de Monitoramento dos Direitos Violados (CMDV) e do Conselho Estadual de Drogas (Coned), ambos vinculados à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Pará, realizaram visita técnica à comunidade terapêutica ‘El Shaday’, na cidade de Vigia, nordeste paraense. O local promove atividades de assistência psicossocial à saúde de portadores de distúrbios psíquicos, deficiência mental e dependência química. 

Acompanhados da presidente do Coned, a delegada Claudilene Maia, os técnicos do CMDV, Damásio Alves e Priscilla Taveira, conheceram a estrutura do local e o trabalho realizado. Eles verificaram os trabalhos de confecção de vassouras, preparação de mudas para plantio, criação de animais, cultivo de hortas e frutas. 

Os representantes da Sejudh foram recebidos pelo mantenedor da comunidade terapêutica, o pastor Antônio Sousa, que explicou como funciona a estrutura do local. “Hoje abrigamos 25 homens, entre 20 e 45 anos. Este local é a oportunidade de um recomeço para muitos, e atuando sempre de portas abertas a todos os que procuram auxílio, oferecemos um lar aos que estão à margem da sociedade e que devido às drogas, perderam família, trabalho, casa e suas dignidades. Aqui eles recebem o acolhimento e afeto que, muitas vezes, nem as famílias querem dar. Eles trabalham e vivem do que eles produzem”, afirmou. 

“A visita faz parte das ações pensadas em conjunto entre Conselho Estadual de Drogas e a Coordenadoria de Monitoramento dos Direitos Violados, na elaboração de tratativas que visem a garantia de direitos aos abrigados e a sistematização dos centros de abrigamento para dependentes químicos no Estado do Pará”, afirmou Claudilene Maia.