Boletim Informativo - Operação Enem - Atualizado às 16h

17/01/2021 16h38 - Atualizada em 17/01/2021 17h02
Por Aline Saavedra (SEGUP)

Por meio do Centro Integrado de Comando e Controle que está monitorando a realização do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) no Pará foram registradas 10 ocorrências até às 16h, sendo oito interrupções no fornecimento de energia elétrica Abaetetuba, Altamira, Ananindeua, Benevides, Marituba, Outeiro, Parauapebas e Capanema. Em Ananindeua, no bairro 40 horas, houve o registro de um entulho com fogo próximo a um local de aplicação de prova. O Corpo de Bombeiros foi acionado e cessou o ocorrido. A décima ocorrência foi registrada em Parauapebas, onde uma pessoa foi pega com nomes de autores escritos de caneta na palma da mão. O fato foi registrado como contravenção no local de prova e a candidata eliminada.

Após a finalização da prova haverá a logística reversa com o material do exame até o 8º Depósito de Suprimentos do Exército.

A Operação Enem é coordenada pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) e pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), nas duas fases do certame nacional, dias 17 e 24 de janeiro.

Prevenção e ostensividade - Na segunda fase da operação, a Polícia Militar está fazendo a segurança em escolas estaduais e privadas, na Região Metropolitana e no interior, além de escolas municipais onde não há a presença de agentes de segurança das cidades.  A Guarda Municipal de Belém atuará nas escolas municipais da Capital e em algumas escolas particulares. 

Tecnologia - 170 câmeras de monitoramento estão sendo utilizadas para acompanhar a movimentação próximo aos principais locais de provas e vias da Região Metropolitana de Belém. 

Integração - As ações envolvem, de forma integrada, representantes de diversas instituições, como Correios, Exército, Polícias Civil e Militar, Grupamento Aéreo e Fluvial da Segup, Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Guardas Municipais, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Equatorial (concessionária de energia elétrica) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que realiza o certame.

Descentralização – Este ano, assim como já utilizado nas Eleições 2020, a segurança pública implementou os Centros Integrados de Comando e Controle Regionais (CICCR), nos municípios de Marabá, Capanema, Castanhal, Soure, Breves, Paragominas, Tucuruí, Redenção, São Félix Xingu, Santarém, Itaituba, Abaetetuba e Altamira. As unidades serão coordenadas pelo Centro Integrado de Comando e Controle Estadual, na Capital, que irá abranger também, toda a Região Metropolitana de Belém (RMB). Os trabalhos nos Centros desde às 7 horas.  

As informações acerca dos transportes das provas, bem como, o início e finalização da mesma serão repassadas ao Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, no Distrito Federal (DF), por meio do Sistema Córtex. Os Centros funcionarão nos dois dias das provas.

Em Belém, o CICCE funciona no plenário da Secretaria de Segurança Pública do Estado, na rua Arcipreste Manoel Teodoro, 305.