Sejudh realiza ações da campanha Janeiro Branco em Breves, no Marajó

13/01/2021 17h43 - Atualizada em 13/01/2021 18h29
Por Gerlando Klinger (SEJUDH)

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, por meio da Gerência de Proteção dos Direitos da Juventude e da Coordenadoria de Monitoramento dos Direitos Violados, chegou hoje (13) à cidade de Breves, na Ilha do Marajó, para realizar uma visita de monitoramento e encontros com a juventude local acerca da conscientização da campanha ‘Janeiro Branco’.

Os representantes da Sejudh visitaram o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), a Prefeitura Municipal e outros atores que atuam na questão da saúde mental. A equipe busca fazer um levantamento a cerca da realidade do município, no que tange à temática de saúde mental, além de iniciar as discussões de políticas voltadas à juventude local.

O Gerente da Juventude da Sejudh, Flávio Moreira de Paula, avalia que a ida da Sejudh a Breves mostra que os órgãos do estado estão atentos às demandas que chegam do interior do Estado. “Vamos nos reunir com a juventude local para a criação do Conselho da Juventude, a fim de que possa fortalecer a política de atenção em Breves”, disse.

O evento que ocorre será entre os dias 13 e 15 de janeiro, no Centro de Desenvolvimento e Educação Profissional Dr João Messias dos Santos (CEDEP), vai contar com oficinas, palestras e dinâmicas de escutas. Haverá também encontro com autoridades locais a fim de discutir quais as demandas mais urgentes para a juventude do município marajoara.

A Coordenadoria de Monitoramento dos Direitos Violados, cuja finalidade é o monitoramento de denúncias de violação de direitos humanos no Estado do Pará, também está no Marajó. Representando a CMDV, a psicóloga Priscilla Taveira realiza a escuta de técnico e da rede, que atuam diretamente com os jovens e seus familiares. “A Sejudh, desde 2020, abraçou a campanha Janeiro Branco e tem buscado, a partir da premissa de prevenção e educação sobre saúde mental, a realização de serviços da rede, ações de promoção de educação à população”, informou.