Governo entrega escola reconstruída no aniversário de Vigia de Nazaré 

A unidade escolar garante educação inclusiva para as famílias da região nas modalidades da Educação Fundamental ao Atendimento Educacional Especializado

06/01/2021 14h51 - Atualizada em 06/01/2021 16h12
Por Valéria Nascimento (SECOM)

Governador entrega à população a nova Escola Presidente Kennedy, em Vigia, nesta quarta-feira (6), ao lado de autoridades públicasNo dia do aniversário de fundação da cidade de Vigia de Nazaré, na região do nordeste paraense, nesta quarta-feira (6), o governador Helder Barbalho entregou à população a nova Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Presidente Kennedy. Desde janeiro de 2019, esta é a 53ª unidade escolar reconstruída.

Helder Barbalho vistoriou as instalações entregues e fez questão de conversar com os moradores e com a comunidade escolar. O chefe do Poder Executivo reforçou a continuidade do compromisso com a qualidade da educação em todo o Pará em 2021.

"Vigia é um município importante para todo Pará. Nossas ações de desenvolvimento seguem em direção ao fluxo das vocações naturais do povo daqui. Estamos entregando um prédio novo, mobiliado e equipado. Porque o nosso governo prioriza a educação como um dos pilares de desenvolvimento. Essa foi a primeira escola entregue esse ano e ainda teremos muitas mais", afirmou Helder.

A estudante Ana Beatriz Silva aproveitou a cerimônia de entrega da unidade para conhecer as novas instalações da escolaO governador do Pará esteve acompanhado da secretária estadual de Educação, Eliete Braga; do secretário de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, Hugo Suenaga; da presidente do Poder Legislativo do Pará (Alepa), Michele Begot, do deputado estadual, Vitor Dias; do prefeito de Vigia, Job Júnior; entre outras autoridades da região.

A obra assegurou climatização das salas de aulas, laboratório de informática e multidisciplinar, sala de leitura, quadra coberta etcSecretária da Seduc, Eliete Braga descreveu o momento como "um dia de festa e de gratidão a toda equipe que trabalhou e trabalha pela educação no Pará. A Escola garante uma educação inclusiva para as famílias da região e nós valorizamos isso".

A unidade foi reconstruída para garantir maior comodidade e qualidade de ensino para os estudantes, professores e toda a equipe técnica. A obra contemplou climatização das salas de aulas, laboratório de informática, multidisciplinar, sala de leitura, auditório, quadra coberta, coordenação, direção, pedagógica e espaços de convivência.

A escola atende 1.723 alunos nas modalidades do Fundamental e Médio, 1ª e 2ª etapa da EJA, e Atendimento Educacional EspecializadoPresidente da Alepa, Michele Begot pontuou que "mesmo em um período tão atípico e difícil, o Estado tem crescido na educação em todas as regiões do Pará. É muito gratificante voltar com a entrega de uma obra importante para educar e construir cidadãos".

A aluna Ana Beatriz Silva, de 18 anos, aproveitou a cerimônia de entrega para conhecer as novas instalações. O laboratório de informática foi a novidade que mais agradou a jovem. "Eu fico muito feliz com essa reconstrução. Agora espero que os alunos preservem para que os novos estudantes possam aproveitar também".

"Nós procuramos trazer ações que capacitem a população. E essa nova escola, entregue hoje, nos ajuda a mantermos a nossa história e o nosso futuro com progresso", afirmou o prefeito de Vigia, Job Júnior. 

O governador visitou as instalações da unidade que, agora, também tem nova biblioteca, piso tátil, banheiro e sala de aula adaptadosReferência em inclusão social

A escola atende 1.723 alunos nas modalidades da Educação Fundamental, Médio Regular, 1ª e 2ª etapa Educação de Jovens e Adultos (EJA), Ensino médio, Mundiar e Atendimento Educacional Especializado (AEE).

A unidade assiste 45 alunos com algum tipo de deficiência. Para garantir mais qualidade na acessibilidade, a escola tem agora piso tátil, banheiro e sala de aula adaptados.

"Aqui na Escola nós temos alunos que aprendem em Libras, também já tivemos uma aluna com deficiência visual que hoje esta na faculdade. Ver o prédio novo nos faz ficar mais motivado porque entendemos o quanto o esforço de cada um é importante no processo de aprendizado", avaliou Renner Silva, um dos professores que atendem na Educação Educacional Especializada. Ele disse que ver o prédio reformado emociona, principalmente ao avaliar a importância de se ter um espaço adequado ao ensino.