Sejudh doa cestas básicas em cidades do nordeste do Pará

18/12/2020 15h20 - Atualizada em 18/12/2020 18h16
Por Gerlando Klinger (SEJUDH)

A Coordenadoria de Integração de Políticas para as Mulheres, vinculada à Sejudh, realizou na manhã desta sexta-feira (18), em Tracuateua, uma palestra sobre a importância da Campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo fim da violência contra a mulher, que este ano tem como tema “Violência Doméstica e Sexual contra mulheres e meninas durante a pandemia: não à cultura do estupro". 

Na ocasião, ocorreu a entrega de 100 cestas básicas para as mulheres cadastradas pelo Movimento de Mulheres de Tracuateua. Os mantimentos foram doados à Sejudh pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. 

Leia também: Sejudh recebe comissão do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

A responsável pela CIPM, Márcia Jorge, contou a importância de a política para as mulheres chegar ao interior do Pará. “Já firmamos o compromisso de criar o Conselho de Defesa dos Direitos das Mulheres e a Coordenadoria de Políticas para as Mulheres do Município de Tracuateua”, comentou. 

Desde a semana passada, municípios como Acará, Ananindeua, Marituba, Capanema e Castanhal já receberam as doações dos mantimentos. Somente esta semana, mais de 700 cestas básicas já foram doadas às mulheres quilombolas, de terreiro, da zona rural. Na programação de entregas, neste sábado (19) será a vez de Bragança e domingo (20), Augusto Correa.