Cursos promovidos pela Seaster capacitam microempreendedores

Para dezembro estão previstas dez turmas de cursos profissionalizantes, incluindo panificação e confeitaria, corte e costura, estética e maquiagem

30/11/2020 19h10 - Atualizada em 30/11/2020 20h43
Por Camila Santos (SEASTER)

Os cursos profissionalizantes oferecidos pela Seaster são oportunidades de capacitação para o mercado de trabalho“A base de tudo para a nossa vida é o conhecimento. Você pode até não ter dinheiro, mas se você tiver conhecimento, consegue chegar onde quiser”, ressaltou Eduardo Ribeiro, um dos 40 alunos concluintes do curso de Manutenção de Celulares, promovido pela Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) na última sexta-feira (27).O ″Print Móvel″ de Eduardo Ribeiro, que oferece vários serviços à população

Eduardo é dono de um empreendimento, o "Print Móvel", uma bicicleta itinerante que se transforma em um ponto de serviços gráficos básicos, como impressão de documentos, fotocópia, encadernação e emissão de boletos. Aos 33 anos, ele sai pelas ruas oferecendo os serviços, mas é em frente a uma lotérica que ele passa a maior parte do dia.

Para Eduardo, os cursos oferecidos pela Secretaria ajudam a criar oportunidades e a gerar novas fontes de renda. "O curso profissionalizante é muito importante porque muitas pessoas não têm oportunidade, não têm possibilidade de arrumar um emprego, de ter um salário melhor. Ficamos muito presos apenas no salário mínimo. Eu já trabalho com comunicação visual, com cartão de visita, panfleto, e esse curso vai ser ótimo para eu adaptar a minha empresa, já que a manutenção de celular tem sido essencial”, disse o empreendedor.Parte da turma de concluintes do curso de Manutenção de Celulares

Qualificação - A Seaster, por meio da Diretoria de Qualificação Profissional e Empreendedorismo, coordena um conjunto de ações no âmbito do Projeto de Qualificação Social e Profissional. Para dezembro estão previstas dez turmas de cursos profissionalizantes, incluindo mecânica de motocicleta, panificação e confeitaria, manutenção de celular, corte e costura, estética e maquiagem.Aluno do curso de Manutenção de Celulares

Ruy Martins, professor do curso, ressaltou que "quem olha não enxerga a manutenção de celular como uma profissão grandiosa, mas o curso vem pra mostrar que o aluno pode se destacar. Através de recursos básicos, simples, ele pode conquistar a sua aquisição financeira, melhorar sua qualidade de vida e despertar sua criatividade e a capacidade de empreender".