Setur promove seminários para gestão descentralizada do turismo 

24/11/2020 16h50 - Atualizada em 24/11/2020 17h59
Por Israel Pegado (SETUR)

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) iniciou as etapas do seminário Gestão Municipal do Turismo Paraense, na segunda-feira (23), para representantes e gestores da região turística de Belém, região dos Campos do Marajó e das Florestas do Marajó. A iniciativa tem como objetivo efetivar a gestão descentralizada do turismo, articular e fortalecer a participação social, integrando as políticas públicas com enfoque territorial. O seminário será realizado no ambiente virtual por meio da plataforma Zoom.

Katia Barros, coordenadora de Planejamentos das Políticas para o Turismo, explica que a Setur tem feito esforços para executar a política pública territorial do turismo por meio do planejamento, gestão e comercialização integrada e compartilhada. “Esta é uma ação de regionalização, ou seja, quando a gente fala da política pública, no foco da gestão descentralizada do turismo, essa ação não vê o município isoladamente, mas sim quanto região turística”, explica.

Na programação do seminário serão apresentados, para as regiões turísticas, temas como Plano Municipal de Turismo, planos de trabalho para os conselhos municipais de turismo, as instâncias de governança regional, além de falar da atualização do Mapa do Turismo Brasileiro. “Nesse seminário nós estamos pautando as diretrizes do Programa de Regionalização do Turismo, em que a principal diretriz são os princípios norteadores do Plano Nacional do Turismo, em que fundamenta a descentralização das ações e decisões, tanto no âmbito estadual quanto municipal”, afirma Katia Barros.

André Dias, secretário de turismo do ParáO secretário de Turismo André Dias, ressalta que o objetivo é, junto com outras gestões, desenvolver a gestão descentralizada do turismo. “Nós queremos estar próximo das gestões municipais, das gestões regionais, para ajudá-los com o desenvolvimento da cadeia do turismo, com as formatações que precisa-se ter para continuar no Mapa do Ministério do Turismo, além de captar recursos, entre outros”, afirma André Dias.

As etapas seguintes do seminário serão realizadas, na próxima quinta-feira (26), para as regiões turísticas Amazônia Atlântica Guamá, do Capim e região turística Amazônia Atlântica Caeté; dia 30 de novembro para as regiões turísticas do Araguaia, Carajás, do Tocantins e região turística do Lago de Tucuruí; e por fim, no dia 03 de dezembro para, as regiões do baixo Tapajós, do alto Tapajós, do rio Amazonas e região turística do Xingu.

Com a colaboração de Aila Beatriz Inete