Governo inicia pagamento do 'Renda Pará' na próxima sexta-feira (20)

Até 30 de dezembro, cerca de um milhão de famílias serão beneficiadas com o valor

17/11/2020 18h47 - Atualizada em 18/11/2020 08h31
Por Bruno Magno (CPH)

O Governo do Pará inicia, na próxima sexta-feira (20), o pagamento dos benefícios do Programa Estadual Extraordinário de Renda, o “Renda Pará”, que dará aos beneficiários paraenses do "Bolsa Família", um incremento de renda no valor de R$ 100 (pagos em cota única). A logística de pagamento ficou a cargo do Banco do Estado do Pará (Banpará), com administração da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), e ocorrerá de acordo com o mês de nascimento de cada um. Até 30 de dezembro, cerca de um milhão de famílias serão beneficiadas com a quantia.

Para receber o benefício, o cidadão deverá entrar no site do banco, a partir da próxima quinta-feira (19), para conferir o calendário de pagamento. Quem mora em municípios onde não há agência bancária, deverá se dirigir a qualquer agência do banco público e receber o pagamento por meio de um recibo nominal. Hoje, o Banpará está presente em 113 dos 144 municípios paraenses, totalizando 128 agências no Estado inteiro.  

"Esse pagamento vai garantir um Natal mais feliz para cerca de um milhão de famílias paraenses. O governador Helder Barbalho, sensibilizado pela crise da pandemia, não podia ter outra atitude senão ajudar essas pessoas. O Banpará criou uma logística grande para garantir o benefício em 128 agências dos 113 municípios do interior do Estado, já que nos próximos dias pretendemos entregar as agências de Bannach, Ruropólis e Ulianópolis", destaca Braselino Assunção, presidente do Banpará. 

Para o beneficiário conferir o calendário de pagamento, basta entrar no site do Banpará.

Sobre o programa - O “Renda Pará” foi sancionado no final de outubro, pelo governador do Estado, Helder Barbalho. O programa foi criado por meio do Projeto de Lei 266/2020, aprovado também em outubro pela Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), com investimento de R$ 100 milhões do Tesouro Estadual.