Parque de Ciência e Tecnologia Guamá atualiza edital de ocupação

Chamada é voltada para pessoas jurídicas que tenham interesse em se instalar em módulos dos prédios Espaço Inovação e Empreendedor

10/11/2020 13h28 - Atualizada em 10/11/2020 15h37

Negócios de base tecnológica e/ou de impacto socioambiental podem participar do novo edital de seleção de empreendimentos para residência no Parque de Ciência e Tecnologia (PCT) Guamá, em Belém, disponibilizado pela Fundação Guamá, organização gestora do parque tecnológico, na última segunda (09), no site www.pctguama.org.br.

O PCT Guamá, mantido pelo Governo do Estado, constitui um ambiente de apoio ao empreendedorismo inovador no ParáAos negócios instalados no PCT Guamá são oferecidas facilidades como Internet banda larga de alta velocidade, isenção de IPTU, estacionamento, mentorias gratuitas, descontos em serviços prestados por laboratórios residentes, além de acesso a serviços e eventos para expandir o networking.

“Os parques tecnológicos constituem o principal ambiente de apoio ao empreendedorismo inovador em todo mundo, e já está comprovado que a continuidade das empresas está fortemente condicionada ao ambiente em que elas estão operando'', destaca o diretor presidente da Fundação Guamá, Rodrigo Quites.  

Ele acrescenta que o PCT Guamá é um local privilegiado para o desenvolvimento de ideias inovadoras e experiências transformadas. "Com o lançamento deste edital, simplificamos ainda mais o processo de submissão das propostas de novos empreendimentos e organizamos os processos internos para um mapeamento mais rápido das necessidades de cada novo empreendimento”.

O edital disponibiliza 21 módulos, distribuídos nos prédios Espaço Inovação e Empreendedor, com tamanhos de 36, 72, 100, 108 e 150 metros quadrados, adaptáveis a diferentes necessidades de produção e uso. Os interessados em participar do processo de seleção devem preencher o formulário online e fazer o envio dos arquivos requeridos no edital.

Podem participar da seleção pessoas jurídicas com empreendimentos de base tecnológica ou de impacto socioambiental com foco, preferencialmente, em uma ou mais áreas de atuação do PCT Guamá, entre as quais estão: 1) Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), 2) Tecnologia para Educação, 3) Energia, 4) Tecnologia Mineral, 5) Sustentabilidade, 6) Biotecnologia; negócios com grau de inovação nas soluções em produtos/serviços propostos; com potencial de interação e cooperação com outras iniciativas residentes; ou que possuam processo ou ciclo de produção com bases sustentáveis.

Os demais critérios de participação e valores dos módulos podem ser conferidos na íntegra do edital.

Mais sobre o PCT Guamá

O PCT Guamá resulta de parceria entre as Universidades Federal do Pará (UFPA) e Federal Rural da Amazônia (Ufra) e o Governo do Pará. O espaço foi o primeiro parque tecnológico a entrar em operação na Amazônia. Ele tem como principal objetivo o de estimular a pesquisa aplicada, o empreendedorismo inovador, a prestação de serviços e a transferência de tecnologia para o desenvolvimento de produtos e serviços de maior valor agregado e fortemente competitivos.

São 72 mil metros quadrados, reunindo atualmente 17 centros e laboratórios tecnológicos, 56 empresas residentes e 18 empreendimentos associados.

Situado entre a UFPA e a UFRA, o PCT Guamá tem espaços voltados para a instalação de pequenos e médios empreendimentos de base tecnológica, laboratórios e centros de pesquisa e desenvolvimento. 

A Fundação Guamá, por sua vez, foi qualificada para realizar a gestão administrativa, financeira, física e ambiental do PCT Guamá. Desde 2009 a Fundação é mantida pelo Governo do Estado, por meio de contrato com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet).

Por Juliane Frazão (PCTGuamá)