Cosanpa inspeciona obras do novo sistema de abastecimento de água em Salinópolis

As obras, que também incluem a construção de sistema de esgotamento sanitário, vão beneficiar diretamente os trabalhadores da Praia do Atalaia

06/11/2020 18h20 - Atualizada em 06/11/2020 22h26
Por Tayná Horiguchi (COSANPA)

Salinópolis, município do nordeste do Pará, terá uma nova Estação de Tratamento de Água (ETA) e sistema de esgotamento sanitário, para atender aos trabalhadores das barracas que funcionam na Praia do Atalaia, uma das mais frequentadas na costa atlântica paraense. Nesta sexta-feira (06), uma equipe técnica da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) esteve na sede municipal inspecionando as obras, que estão sendo executadas pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Obras Públicas (Sedop). Tendo à frente o presidente da Cosanpa, José Antonio De Angelis, a comitiva também verificou a situação dos sistemas de água que atendem os moradores da cidade.A nova Estação de Tratamento de Água deverá ser concluída já em dezembro deste ano

“Cada vez mais fica mais claro que os governos anteriores deixaram a Cosanpa abandonada. Encontramos situações muito ruins, mas isso não nos desanima. Ao contrário, nos dá motivação para trabalhar ainda mais. Precisamos melhorar esses sistemas, pois muitos não recebem manutenção mais efetiva há mais 20 anos, e ampliar os sistemas para atender a população de Salinas e a população flutuante, que vem em época de veraneio”, disse o presidente da Companhia.

A deputada estadual Paula Gomes (PSD), integrante da comitiva, disse que recebe “reclamações sobre a água, e a principal demanda é aumentar o sistema de água, o reservatório e a limpeza dos poços. O diálogo com a Cosanpa, com certeza, melhorou. A gente tem perspectiva de melhorias, e fica muito feliz com essa disponibilidade, para que possamos melhorar o sistema de abastecimento de água no município”.O presidente da Companhia, José Antonio De Angelis, acompanhou a inspeção às obras realizadas pela Sedop no município

Saneamento - A obra de construção do sistema de abastecimento de água da orla do Atalaia já deve ser concluída em dezembro próximo, enquanto a construção do sistema de esgotamento sanitário está em andamento.A comitiva também verificou demandas nos sistemas que já abastecem a cidade litorânea

Todas as barracas receberão água potável e terão hidrômetros para medição do consumo. A Estação de Tratamento de Água, com três quilômetros de rede de distribuição, terá capacidade para fornecer 70 metros cúbicos por hora. “É uma demanda antiga a oferta de água tratada e o tratamento de esgoto, e vai se tornar realidade. A gente fica muito feliz, porque Salinas é uma cidade turística e precisa desse sistema de saneamento básico, para que possamos operar o turismo com mais efetividade e atender a população que mora aqui com mais qualidade”, ressaltou a parlamentar.

A equipe da Cosanpa ainda verificou os sistemas em operação Atlântico, Guaxinim e Barreiro. “Vamos fazer projetos e orçamentos para buscar recursos e mão de obra para fazer os reparos necessários nos sistemas existentes”, informou José Antonio De Angelis.