Feira da Agricultura Familiar da Semas beneficia consumidores e produtores

Alimentos saudáveis e produtos orgânicos estarão à venda a partir das 7h desta quinta-feira (29) na frente da Secretaria, na travessa Lomas Valentina, em Belém

28/10/2020 11h34 - Atualizada em 28/10/2020 12h15
Por Anna Paula Mello (SEMAS)

A feirinha em frente à Semas, no bairro do Marco, em Belém, terá entre outros produtos, hortaliças, legumes, peixes, mariscos e frutasA 2ª Feira da Agricultura Familiar, promovida pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), acontecerá nesta quinta-feira (29) a partir das 7h, em frente à sede da Secretaria, na travessa Lomas Valentina, 2.717, no bairro do Marco, em Belém. A feira é organizada pela Coordenadoria de Educação Ambiental (CEAM), e objetiva estimular práticas de consumo alimentar mais saudáveis na população, e integra o Programa de Educação Ambiental e Agricultura Familiar do Pará (PEAAF/PA), coordenado pela Semas.

Segundo a gerente do PEAAF, Edira Vidal, a Coordenadoria de Educação Ambiental é responsável em fomentar a participação dos agricultores, visando apoiar e fortalecer a agricultura familiar: “É válido ressaltar que a alimentação saudável representa saúde para dentro dos nossos lares e, consequentemente, garante melhor qualidade de vida para todos nós e, também, temos a satisfação de valorizar e gerar renda ao pequeno agricultor”.

A gerente Edira Vidal destacou que além de estimular o consumo de alimentos saudáveis e de produtos artesanais e orgânicos, a feira também beneficia pequenos produtores locais, pois ser uma ótima oportunidade de incrementos das vendas deles. Devido à pandemia de Covid-19, o evento será organizado dentro das medidas de proteção à saúde, como uso obrigatório de máscaras e outros equipamentos de proteção e higienização, além do distanciamento social.

Os produtos tradicionalmente comercializados no local são hortaliças, legumes, peixes, mariscos, mel, própolis, frutas, farinha de mandioca, tucupi, goma, urucu, açaí e ovo caipira.

Entre os feirantes participantes estão produtores de cosméticos naturais da marca Sementes da Amazônia, de Belém; produtores do sítio Witeua, de Santa Izabel do Pará, na Região Metropolitana de Belém (RMB); da Associação dos Agricultores Familiares do bairro de Curuçambá, do município de Ananindeua (RMB), com produtos da horticultura e fruticultura; e da Queijaria Três Irmãos, do município de Soure, que produz queijo do Marajó.