Secretaria da Fazenda debate estratégias para ampliar a fiscalização e aumentar a arrecadação

Encontro reúne diretores e coordenadores de unidades regionais, em Bragança, para estimular a ação integrada e aumentar a receita pública do estado em 2021

15/10/2020 12h24 - Atualizada em 15/10/2020 13h29
Por Ana Márcia Pantoja (SEFA)

Diretores e coordenadores da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa) se reúnem em Bragança para debater planejamento fiscal de 2021Nesta quinta e sexta-feiras (15 e 16), a equipe técnica da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa) estará reunida para iniciar o planejamento de ações da área tributária para o próximo ano. O evento “Diálogos sobre planejamento fiscal 2021” está sendo realizado na unidade agroecológica da Emater em Bragança,  com a presença de 48 pessoas, entre diretores e coordenadores das unidades regionais, especiais e controle de mercadorias em trânsito.  

O encontro se iniciou nesta quinta-feira (15), abordando o tema governança pública. Ao longo dos dois dias serão discutidas estratégias para ampliar as ações da fiscalização de trânsito e de estabelecimentos, e o uso do ambiente analítico, entre outros temas, visando a alinhar as ações a serem desenvolvidas no próximo ano. 

Ao abrir o encontro, o secretário da Fazenda, René Sousa Júnior, agradeceu o empenho da equipe este ano, que permitiu atingir as metas de receita. Reforçou a necessidade das equipes trabalharem de forma integrada e afirmou que ainda há condições de aumentar a receita, usando as ferramentas de que o Fisco dispõe.  

“Estamos começando a discutir o planejamento da administração tributária da Secretaria da Fazenda. Vamos definir as linhas mestras e o Norte de nossas ações para 2021”, resumiu. “Tão importante quanto isso é reforçar a integração da equipe. Este planejamento é necessário para que a Fazenda cumpra a missão de arrecadar e assim possa garantir os recursos necessários às obras e serviços públicos para a população paraense”.  

NOVAS ESTRATÉGIAS

O subsecretário da Administração Tributária, Eli Sòsinho, informou que o  encontro é a oportunidade para refletir sobre o trabalho da instituição e “pensar novas estratégias para atuar de forma integrada, e manter os patamares da arrecadação atual,  que será o grande desafio de 2021”.