Governo firma contratos com organizadoras dos concursos das polícias Civil e Militar

A Secretaria de Estado de Planejamento e Administração se empenha para que os editais sejam lançados até o final deste ano

07/10/2020 18h27 - Atualizada em 08/10/2020 01h12
Por Luana Leite (SEPLAD)

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), firmou nesta quarta-feira (7) os contratos com as empresas Instituto AOCP e Instituto Iades, que executarão os concursos nº 01 e 02/2019 para ingresso nas polícias Civil e Militar. A titular da Seplad, Hana Ghassan, assinou a documentação e enfatizou a importância da realização do concurso público para o Estado, que vem trabalhando para aprimorar áreas prioritárias, como a segurança pública, visando ao bem-estar da população e ao desenvolvimento do Pará.A titular da Seplad, Hana Ghassan, e representantes das empresas que organizarão os dois concursos da área de segurança

“Assinamos hoje os contratos com as empresas que executarão as provas dos concursos, mais um compromisso que cumprimos perante a sociedade, para alcançarmos cada vez mais melhorias na segurança com o aumento do efetivo, além de incentivarmos o ingresso no serviço público através de concursos. Dessa forma, o Estado ganha notoriedade com mais segurança e desenvolvimento”, frisou a secretária.

“A Polícia Civil entende que a realização do concurso é muito importante para que, dessa forma, possamos repor o efetivo que está em vias de se aposentar, especialmente com o cenário de pandemia em que muitos policiais tiveram que se afastar do trabalho”, ressaltou Juliana Cavalcante. 

A Seplad trabalha para que os editais dos concursos sejam publicados até o fim de 2020. Para a Polícia Civil o certame prevê vagas para os cargos de delegado, escrivão, investigador e papiloscopista. Para a PM serão ofertadas vagas para oficial e praça.

O ato de assinatura também contou com as presenças da secretária adjunta de Gestão de Pessoas da Seplad, Thainná Alencar, e da secretária adjunta de Modernização e Gestão Administrativa, Josynélia Raiol, além da coordenadora de Recursos Humanos da PC, delegada Juliana Cavalcante, e do diretor Administrativo, Vinicius Carvalho.