Balanças flagram quase 600 veículos com excesso de peso na PA-150.

10/09/2020 16h41
Por Kátia Aguiar (SETRAN)

Um relatório estatístico do mês passado (agosto) feito pela Secretaria de Estado de Transportes (Setran) apontou que 575 veículos trafegaram com excesso de peso na PA-150, no sudeste do Pará. As aferições são referentes as balanças instaladas no distrito de Morada Nova, na Vila Sarandi, no km 5,5, e no KM 122 da rodovia no sentido Tailândia-Moju.

A balança mais antiga, instalada em abril deste ano, registrou 381 veículos com carga acima do permitido, a segunda balança, que tem pouco menos de um mês de instalada, contabilizou 194 veículos com excesso de carga. As balanças instaladas pela Setran tem a função de garantir que veículos com excesso de peso trafeguem pela rodovia, que é a principal causa do desgaste prematuro do pavimento.

Os dois aparelhos operam no período diurno, mas devem começar a funcionar 24 horas por dia a partir do próximo mês. “Relatos da fiscalização apontam que muitas carretas com excesso de peso esperam o horário noturno para transitar na rodovia, problema que iremos solucionar com a extensão da fiscalização para o horário noturno também”, destaca Pádua Andrade, secretário de Estado de transportes.

A operação de fiscalização de excesso de peso na PA-150 ocorre em parceria com a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), Departamento de Trânsito do Estado (Detran) e Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

Trabalho de recuperação

A PA-150, que é uma das principais rotas de escoamento da produção mineral e agropastoril do Estado do Pará, está em obras de recuperação, com trechos de reconstrução, e ainda manutenção e conservação em toda sua extensão. Com mais de 334 km de extensão, a via passa por dois tipos de serviços. O primeiro trecho de Moju a Goianésia do Pará passa por obras de manutenção e conservação.

De Goinaésia do Pará a Morada Nova (Marabá) a obra é de recuperação. “Estamos com 70% da obra de recuperação, com reconstrução de alguns trechos prontos. Intensificamos as equipes de trabalho, e  no prazo de 60 dias estaremos com a obra concluída”, disse Pádua.

O outro trecho de Moju a Goianésia do Pará também terá sua obra de manutenção e conservação também concluído no final do próximo mês.

A PA-150 vai de Moju a Morada Nova, em Marabá, passando pelos municípios de Tailândia, Moju, Breu Branco, Ipixuna do Pará, Goianésia Jacundá, Nova Ipixuna e Marabá.