Ceasa vai cadastrar carregadores que atuam no mercado

Medida prevê identificação funcional e uso de coletes para a proteção dos trabalhadores

04/09/2020 12h29 - Atualizada em 04/09/2020 13h14
Por Bernadete Barroso (CEASA)

Como parte da reestruturação das Centrais de Abastecimento do Pará (Ceasa), foi realizada reunião, na quinta-feira (3), com representantes da categoria dos carregadores que trabalham no mercado. Eles são responsáveis por transportar produtos hortifrutigranjeiros, e circulam durante todo o período noturno de funcionamento da Ceasa. O carregador é um trabalhador importante para o bom atendimento do público que frequenta o local.

Reunião da direção da Ceasa com representantes da categoria dos carregadores que trabalham no mercadoO projeto prevê o cadastramento de todos os carregadores, evitando-se que qualquer pessoa se utilize do espaço para exercer a função sem obediência as normas de segurança e higiene e desobedecendo os regulamentos de circulação no mercado.

A direção executiva das Centrais no Pará entende a necessidade urgente de cadastrar estes trabalhadores, com a identificação através de crachás e identidade funcional, uso de coletes para a proteção dos trabalhadores e toda uma infraestrutura que venha garantir o melhor funcionamento do mercado tanto para quem vende e trabalha no processo de comercialização, quanto para os clientes do mercado.

O presidente das Centrais de Abastecimento, Scaff Filho, enfatiza que esta primeira reunião foi para ouvir os carregadores e seus questionamentos e, desta forma, ajudar a administração na efetivação de ações que possam gerar benefícios para o mercado e clientes. “Todos os questionamentos estão em pauta e já colocamos nossa equipe técnica para encaminhar as soluções que venham garantir o bem estar de nossos trabalhadores dos carrinhos da Ceasa”, arrematou.