Governo do Estado vai construir terminais hidroviários em Salvaterra e Conceição do Araguaia

Companhia de Portos e Hidrovias do Pará homologa empresas que farão projetos nos dois municípios

04/09/2020 08h51 - Atualizada em 04/09/2020 10h43
Por Bruno Magno (CPH)

Conceição do Araguaia: terminal hidroviário vai beneficiar cerca de 47 mil habitantes da cidadeA Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH) homologou, nesta sexta-feira (4), no Diário Oficial do Estado (DOE), as empresas vencedoras das licitações para elaboração dos projetos executivos civil e naval de construção dos terminais hidroviários turísticos de Salvaterra, no arquipélago do Marajó, e Conceição do Araguaia, na região do Araguaia, ambos no valor de R$ 99.900,05.

Os projetos executivos civil e naval de um terminal hidroviário são documentos que contém todos os detalhes técnicos da obra e servem de base para construção dos equipamentos. O processo licitatório também selecionou empresa para elaboração do Relatório de Controle Ambiental (RCA) do terminal turístico de Salvaterra, ao custo de R$ 80.200,00. O RCA apresenta estudos relativos aos aspectos ambientais concernentes à localização, instalação, operação e ampliação de uma atividade ou um empreendimento que não gera impactos ambientais significativos ao local.

"Após a elaboração dos projetos executivos será aberta nova licitação para escolher as empresas que vão construir estes dois equipamentos. Desta maneira, o governo do Estado vai potencializar o turismo nessas importantes regiões do Pará", explica Abraão Benassuly, presidente da CPH. 

A empresa Oceanorte Construções ficará responsável por elaborar os projetos executivos dos terminais, enquanto que a Hidro Engenharia Sanitária e Ambiental vai elaborar o RCA para o terminal de Salvaterra.

Turismo - No arquipélago do Marajó, o município de Salvaterra não dispõe de trapiche e nem terminal hidroviário para receber os usuários. Hoje, muitos passageiros aguardam a balsa em um rampa de concreto para atravessar o rio Paracauari e chegar em Soure. Muitos deles colocam o pé na água para entrar nas rabetas que também fazem a travessia.

O terminal hidroviário de Salvaterra será construído nas imediações da travessia Salvaterra-Soure-Salvaterra

A ideia é que o terminal hidroviário turístico seja construído nas imediações da travessia Salvaterra-Soure-Salvaterra. O projeto da obra civil prevê sala para passageiros, banheiros, guichês para vendas de passagens, enquanto que a obra naval contempla conjunto naval com rampa metálica articulada e flutuante. O novo terminal permitirá que novas empresas de navegação ofereçam viagens para o município e facilitará as atividades dos barqueiros que fazem a travessia diária entre os municípios.

Localizado na divisa do Pará com o Tocantins, na região do Araguaia, o município de Conceição do Araguaia tem forte vocação turística com suas praias de água doce e ilhas que são verdadeiros convites da natureza. O primeiro terminal hidroviário de passageiros da região vai alavancar a atividade econômica e beneficiar cerca de 47 mil habitantes da cidade. O novo equipamento vai contar com sala para passageiros, banheiros, guichês para vendas de passagens, e conjunto naval formado por rampa metálica articulada e flutuante.