Com treinamento, Emater tramita 1.571 processos administrativos eletrônicos

Servidores da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) tramitam 1.571 (56,71%) documentos online e ajudam a preservar o meio ambiente

26/08/2020 13h55 - Atualizada em 26/08/2020 15h36
Por Rodrigo Reis (EMATER)

Funcionários da Emater capacitados para operar o Processo Administrativo Eletrônico (PAE) já tramitaram 1.571 processos em 2020A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará tramitou 1.571 (56,71%) documentos por meio do Processo Administrativo Eletrônico (PAE) de janeiro até esta quarta-feira (26) de  agosto de 2020. No ano inteiro de 2019, apenas 275 processos foram tramitados via PAE. O cenário mudou porque a Emater realizou um cronograma de treinamento (via videoconferência) para capacitar funcionários de todos os 12 Regionais da instituição. No último mês de julho, já presencial, o treinamento  foi concluído nos Regionais de Castanhal e Capanema, região nordeste paraense.  

A Secretaria Estado de Planejamento e Administração (Seplad), representada pelo técnico Salomão Melo, entregou, nesta terça-feira (25), quatro mudas de cupuaçu para os gestores do PAE, no escritório central da Emater, em Marituba, Região Metropolitana de Belém (RMB). A entrega das mudas marcou o esforço coletivo dos servidores da Emater, que ao substituirem o papel pelo meio eletrônico, contribuem para preservação ambiental. As mudas foram entregues para Cristina Carvalho, gestora do PAE; Cláudio Pereira, diretor administrativo, e Antônia Cardoso, co-gestora. 

De acordo com Antonia Cardoso, o treinamento realizado em todos os 12 Regionais da Emater possibilitou não só o aumento no número de processos eletrônicos, mas também a qualidade do serviço. “O fluxo de atividades ficou mais dinâmico, mais ágil. A ferramenta foi 100% aceita. Os funcionários estão se ajustando ao sistema aos poucos, o importante é que veio para ficar. O meio ambiente agradece”.

Funcionários da Emater evitam desperdícios de papel e ajudam a preservar milhares de árvores com tramitação online de documentos Em 19 de agosto, o Governo do Pará chegou à marca de um milhão de processos administrativos eletrônicos tramitados pelo sistema PAE, que trouxe inúmeros benefícios à gestão estadual, entre eles, a transparência, a eficiência das atividades e a preservação do meio ambiente, com considerável economia de papel, já que milhares de árvores deixaram de ser derrubadas.

O sistema facilita a tramitação de processos entre os órgãos da administração direta e indireta do governo. Para a assistente em administração com lotação no gabinete da presidência, Odete Machado, a ferramenta deu mais celeridade ao fluxo de trabalho e maior qualidade ao serviço público. “Tive algumas dificuldades no início, mas no dia a dia a gente vai se ajustando, se adaptando, para se adequar à ferramenta e à dinâmica se serviços”.

O PAE é uma plataforma online desenvolvida pela Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (PRODEPA) com apoio da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (SEPLAD), que tem como objetivo substituir os processos físicos pelos eletrônicos, simplificando os serviços de administração pública e economizando recursos públicos.

Em breve será lançado o PAE 4.0, uma versão repaginada, que deve trazer ainda maior rapidez e praticidade à tramitação de documentos.