Crimes contra a vida reduzem, em julho, e tem menor índice dos últimos dez anos

Planejamento e ações das forças de segurança pública têm sido efetivas no combate à criminalidade no Estado

03/08/2020 08h26
Por Taiane Figueiredo (PM)

Os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) reduziram 33,5% no mês de julho de 2020, em comparação ao mesmo período do ano passado. Com o registro de 170 crimes dessa natureza, os órgãos do Sistema de Segurança Pública registraram o menor número dos últimos dez anos no mês de julho. O balanço foi divulgado pela Secretaria de Inteligência e Análise Criminal do Estado (Siac), vinculada à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup). 

A redução nesse tipo de crime, que engloba homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, mostra que o planejamento e as ações de segurança pública têm sido efetivas no combate à criminalidade no Estado.

O levantamento também apresenta redução de 25% nos sete primeiros meses de 2020, se comparados com o mesmo período de 2019. Ao todo, são 461 vidas preservadas em relação a 2019 e 1.078 vidas na comparação com 2018. Na tabela abaixo, é possível acompanhar os dados dos últimos dez anos.

Policiamento ostensivo

Peça fundamental nas ações de segurança pública, a Polícia Militar tem participação expressiva nos números apresentados pela Siac, trabalho que se manteve durante a pandemia do novo coronavírus. Por meio de operações deflagradas em todo o Pará, a PM alcançou apreensão recorde de drogas - foram mais de quatro toneladas - e de armas de fogo, cerca de 500 em todo o Estado, exemplos de ações que inibem, diretamente, a ocorrência de crimes violentos. 

Outras ações implementadas pela PM justificam parte dos números apresentados: a operação 'Polícia Mais Forte', que aumentou o número de policiais militares e viaturas nas ruas nos horários mais críticos e em diversos municípios do Estado; a integração com outros órgãos do Sistema de Segurança Pública; a inauguração ou restauração de unidades da PM no interior do Pará e a forte atuação do motopatrulhamento, que aprimorou o policiamento ostensivo, possibilitando maior efetividade no combate à criminalidade. 

Para a reta final de 2020, o comando da corporação garante a chegada de novas viaturas, que devem substituir as atuais com modelos mais modernos e adequados à operacionalidade. A tradicional operação Festas Seguras também será implementada pela PM, com intensificação de policiamento nas ruas de todo o Estado.