Governo investe R$ 13 milhões no sistema de abastecimento de água em Alter do Chão

Também está em fase de adequação o projeto de instalação de 28 quilômetros de rede coletora de esgoto sanitário

30/07/2020 18h13 - Atualizada em 30/07/2020 22h51
Por Tayná Horiguchi (COSANPA)

Os trabalhadores avançam na construção do reservatório elevado do sistema de abastecimento de águaO distrito de Alter do Chão, em Santarém, no oeste paraense, fica a cerca de 40 quilômetros da sede municipal e tem pouco mais de 6 mil habitantes . Atualmente, sua população é abastecida por microssistemas pontuais de água. Para mudar essa realidade, no primeiro semestre de 2019 o Governo do Pará, por meio da Companhia de Saneamento (Cosanpa), retomou as obras de ampliação do sistema de abastecimento que estavam paralisadas desde 2018, e já avança com o projeto de esgotamento sanitário.

O sistema vai levar água de qualidade para cerca de 18 mil pessoasO poço profundo já foi perfurado, o reservatório apoiado está em fase de conclusão e agora os trabalhadores avançam na construção do reservatório elevado. Serão implantados 40 quilômetros de rede para distribuir a água captada por esse sistema para casa dos moradores. O investimento do Estado em mais essa obra de infraestrutura é de R$ 13 milhões, com a meta de beneficiar quase 18 mil pessoas.

As obras de esgotamento sanitário totalizam um investimento de R$ 50 milhões – financiamento já aprovado pelo governo federal. O projeto básico, que prevê a construção da estação de tratamento de esgoto, 28 quilômetros de rede coletora, 1.035 ligações domiciliares, elevatórias e emissário de cinco quilômetros para despejo de efluente tratado, está em fase de adequação.A equipe técnica acompanha o andamento das obras em Alter do Chão

“Além de fornecer água de qualidade aos moradores da Vila de Alter do Chão, onde fica uma das praias mais bonitas do mundo, a Cosanpa também irá tratar o esgoto que é produzido aqui. Vamos preservar este patrimônio paraense. Tão logo os reservatórios estejam prontos, vamos iniciar as implantações de rede para que a água produzida no novo sistema alcance todos os moradores”, garantiu o engenheiro Diego Batista, responsável pelo acompanhamento das obras da Cosanpa em Alter do Chão e na sede de Santarém.