Gestores fazem últimos ajustes para o início do atendimento aos produtores rurais

28/07/2020 15h57 - Atualizada em 28/07/2020 16h38
Por Anna Paula Mello (SEMAS)

As Secretarias de Estado e outras instituições envolvidas no Programa Territórios Sustentáveis (PTS) no Pará, fazem os últimos ajustes para o início dos trabalhos na região do Xingu, escolhida como ponto de partida do projeto. Uma reunião entre secretários adjuntos, diretores e assessores das instituições ambientais do Estado, foi realizada na terça-feira (28), no Centro Integrado de Monitoramento Ambiental (Cimam). Na oportunidade, foram debatidas principalmente ações de estímulo ao desenvolvimento econômico de baixas emissões de Gases de Efeito Estufa - pilar entre as metas do Plano Estadual Amazônia Agora, do Governo do Pará.

A integração entre as instituições participantes do Programa: Iterpa, Emater, Sedap, Sedeme, Adepará, IdeflorBio e a Semas, como coordenadora do Programa, foi destacada no encontro. O Secretário Adjunto de Recursos Hídricos e Clima, da Semas, Raul Protázio, apresentou um histórico dos trabalhos já realizados em busca do aumento da produtividade da agropecuária paraense, a partir de boas práticas ambientais.

“O fluxo de adesão envolve ações de regularização e de fomento, com capacitação, crédito agrícola e acesso ao mercado, mas essas ações só vêm após os produtores estarem regularizados ou em processo de regularização. Produzir e conservar não são inimigos”, afirma o Secretário Adjunto da Semas.

A municipalização do Cadastro Ambiental Rural (CAR) também esteve no debate, como de grande importância para a regularização ambiental. O Secretário Adjunto de Regularidade Ambiental, Rodolpho Zahluth Bastos avalia que é preciso que todos os habilitados atuem realmente para incentivar e cadastrar os produtores no CAR.

No próximo dia 3 de agosto terá início uma atuação em campo para ações estratégicas da Política de Atuação Integrada no TS PA-279, no Sindicato dos Produtores Rurais de São Félix do Xingu, com apresentação de ações de regularização, outorga, barragens e outras atividades nos municípios de Água Azul do Norte, Ourilândia, Tucumã, São Félix e Altamira para deixar esclarecido o papel de cada instituição no processo de regularização ambiental e fundiária. O edital publicado dia 6 de julho define 674 vagas para adesão de produtores rurais ao Programa Territórios Sustentáveis, obedecendo ordem de habilitação no território TS PA-279.