Construção do primeiro trecho da rodovia PA-256 já tem edital publicado

Rodovia será pavimentada nos 51 quilômetros iniciais, na travessia do Rio Capim, em Vila Nova, município de Tailândia, sudeste do Pará

23/07/2020 16h18 - Atualizada em 23/07/2020 17h16

A PA-256 é uma das rodovias mais extensas do território paraense, a via tem mais de 360 quilômetros de extensão A rodovia PA-256, na Região do Rio Capim, terá 150 quilômetros construídos e pavimentados. O lote para execução do trabalho inicial, nos 51 primeiros quilômetros da rodovia, é objeto de concorrência pública, cujo edital está publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira, (23). A PA-256 é uma das rodovias mais extensas do Pará, com mais de 360 quilômetros de extensão.

O primeiro lote de serviço será feito no trecho da travessia do Rio Capim, no entroncamento da  PA-150 (Vila Nova), município de Tailândia.

O investimento é de mais de R$ 85 milhões, financiados pelo Projeto de Desenvolvimento e Integração Regional do Estado do Pará (Prodeir), do Governo do Estado, que captou recursos internacionais para investir em infraestrutura por meio da Secretaria de Estado de Transportes (Setran).

O Prodeir vai financiar obras em outros dois trechos da PA-256, que devem ser licitados até setembro deste ano: são 56 quilômetros também na Travessia do Rio Capim, na PA-150, com o entroncamento da PA 451; e o último trecho, no lote 3 no entrocamento da PA-150 com o entroncamento da PA-451, uma extensão de 43,50 quilômetros.

O Governo do Estado investirá mais de R$ 250 milhões na construção dos 150 quilômetros da rodovia, que atualmente tem pouco mais de 138 quilômetros de pavimento em concreto asfáltico.  

A construção e pavimentação da rodovia melhorará a trafegabilidade entre as duas principais rodovias de acesso ao sul do Pará, a  PA-150 e a BR-010, até a Região Metropolitana de Belém e ao porto de Vila do Conde, em Barcarena, principal via de escoamento da produção agropastorial e mineral do Pará.

“São os investimentos que o governador Helder Barbalho faz em infraesturura, fomentando a logística e desenvolvendo o setor produtivo, gerando emprego e renda para os paraenses”, disse Pádua Andrade, titular da Setran.

O Prodeir promove o desenvolvimento econômico e social por meio da melhoria da infraestrutura e da malha rodoviária do Pará.

O Programa construirá mais de 500 quilômetros de rodovias em seis regiões de Integração do Estado, juntamente com seis postos de fiscalização de peso de veículos e ainda construção e substituição de 31 pontes de madeira por concreto. O investimento previsto é de cerca de  R$ 800 milhões.

MAIS OBRAS

Entre as obras previstas para a melhoria da trafegabilidade na região do Rio Capim em 2020 estão no cronograma do Governo do Estado a pavimentação da rodovia Perna Leste, entre a Alça Viária e a PA-140; conservação e manutenção da PA-318, entre PA-136 e o distrito de Marudá, em Marapanim; construção de 18 pontes em concreto armado e de dois postos de fiscalização de controle de peso.

* Com informações de Renan Peniche

Por Kátia Aguiar (SETRAN)