Serviço de dermatologia da Uepa retoma atendimentos e orienta sobre os cuidados com a exposição solar

Regras de distanciamento social e de higiene estão sendo respeitadas para garantir o atendimento seguro aos pacientes

06/07/2020 11h19
Por Larissa Noguchi (SECOM)

Pacientes atendidos pelo Serviço de Dermatologia da Uepa são encaminhados pelo Sistema único de Saúde (SUS)Desde o último dia 22 de junho, a Universidade do Estado do Pará (Uepa) retomou o Serviço de Dermatologia Prof. Miguel Saraty de Oliveira. Os atendimentos estavam paralisados desde o mês de março e as consultas presenciais retornaram, prioritariamente, para os pacientes que tiveram as consultas suspensas.

Segundo a médica Regina Carneiro, coordenadora do serviço de dermatologia, todas as regras de combate à Covid-19, como distanciamento social e de segurança, estão sendo respeitadas.

José Cláudio faz tratamento de vitiligo e lúpusUm dos pacientes atendidos é José Cláudio, que faz tratamento de vitiligo e lúpus e não pode ficar exposto ao sol. "Sentia febre e tinha algumas manchas pelo corpo, investiguei até descobrir. Hoje, não posso pegar sol, então uso blusas de manga com proteção, além de protetor solar no corpo todo”, explica José Cláudio.

O caso do José alerta a população sobre o clima da nossa região, com temperaturas mais elevadas nessa época do ano. “Use o protetor solar, mesmo com máscara, no rosto e corpo inteiro seja em exposição solar ou na prática de atividades individuais. E também tenha cuidado com o uso contínuo da máscara; caso ela suje muito de protetor ou fique molhada, faça a troca”, ressaltou a dermatologista Regina Carneiro.

Câncer de pele - Um dos maiores registros nos atendimentos do serviço de dermatologia da UEPA é o câncer de pele. “O principal problema da exposição solar é: quanto mais sol eu pego, mais velho eu fico, maior o dano na pele. Se você pega muito sol, você envelhece mais rápido. Exposição solar é muito sério e o resultado do excesso é o câncer de pele”, alertou a profissional.

Regina Carneiro, coordenadora do serviço de dermatologia, alerta para a prevenção ao câncer de peleA principal recomendação para a prevenção do câncer de pele é evitar a exposição ao sol, principalmente nos horários em que os raios solares são mais intensos (entre 10h e 16h), bem como utilizar óculos de sol com proteção UV, roupas que protegem o corpo, chapéus de abas largas, sombrinhas e guarda-sol.

Até dezembro de 2019, quase 48 mil pessoas estavam cadastradas no serviço de dermatologia, que atende de patologias simples às mais complexas, entre as quais dermatite atópica, vitiligo, psoríase e linfomas cutâneos. Em um período normal, sem pandemia, a média semanal era de até 125 novos pacientes que chegavam regulados de Unidades Básicas de Saúde. 

O Serviço de Dermatologia Prof. Miguel Saraty de Oliveira fica localizado no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS)/Campus II, no bairro do Marco, em Belém.