Prefeitura de Cachoeira do Arari destaca importância da Policlínica Itinerante

Em dois dias de atendimento, a Poli Itinerante realizou no município 600 atendimentos, entre consultas, exames e encaminhamento ao hospital

17/06/2020 20h11 - Atualizada em 17/06/2020 23h49
Por Rodrigo Reis (EMATER)

A Policlínica itinerante do Governo do Pará está percorrendo vários municípios com o objetivo de tratar pacientes com sintomas de contágio pelo novo coronavírus no estágio inicial. A iniciativa tem aliviado também a pressão sobre a rede local de saúde. Há nove dias com ações no Arquipélago do Marajó, a Poli Itinerante conta com a parceria das prefeituras municipais, que disponibilizam servidores e ambulâncias para o transporte de pacientes.A gestão municipal de Cachoeira do Arari reconheceu a importância dos serviços oferecidos pela Policlínica Itinerante

Nos dois dias que o serviço médico passou pelo município de Cachoeira do Arari foram realizados mais de 600 atendimentos, entre consultas, exames e encaminhamento para procedimentos no hospital local.

A importância da ação foi destacada pela gestão municipal. A Prefeitura de Cachoeira do Arari e a Secretaria Municipal de Saúde agradeceram ao Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), pela realização da ‘Ação Marajó’, que contou com a presença da Policlínica Itinerante no município, nos dias 15 e 16 de junho, para atender pessoas com sintomas leves e moderados da Covid-19. Em nota, a prefeitura agradeceu “especialmente a todos os profissionais da saúde que prestaram excelente atendimento à população de Cachoeira do Arari”.O barco da Poli Itinerante ficou atracado no trapiche da cidade durante dois dias

Máscaras – Com o objetivo de diminuir a incidência do novo coronavírus no Estado, policiais militares do 8º Batalhão da Polícia Militar distribuíram cerca de mil máscaras de tecido para moradores de Cachoeira do Arari.

A entrega das máscaras priorizou a população que circula por locais públicos sem o equipamento de proteção individual, sobretudo nas comunidades Choque, Petrópolis e Chácara. As pessoas também receberam orientações sobre medidas de distanciamento controlado.