Pacientes de Covid-19 recebem alta no Hospital Regional de Castanhal

Unidade de retaguarda é referência para casos de média complexidade e atende 49 municípios do nordeste paraense

17/06/2020 17h24 - Atualizada em 17/06/2020 20h09
Por Dayane Baía (SECOM)

HRPC foi entregue no último dia 3 de junho e recebeu o primeiro paciente nas 24 horas seguintesEm menos de 15 dias de funcionamento, o Hospital Regional Público de Castanhal (HRPC) já registra as primeiras altas médicas de pacientes acometidos pela Covid-19. A unidade de retaguarda é referência para casos de média complexidade e abrange 49 municípios do nordeste paraense. Nesta semana, o Governo do Pará também concluiu as obras do 1º andar, que receberá a instalação de mais 40 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O HRPC foi entregue à população no último dia 3 de junho e recebeu o primeiro paciente nas 24 horas seguintes. Os atendimentos ocorrem via encaminhamento da Central Estadual de Regulação da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Até esta quarta-feira (17), foram registradas 31 internações. Capitão Poço, Santa Maria do Pará e Castanhal foram os municípios que mais demandaram atendimento. 

Mais de 50% dos casos eram de pessoas idosas e 67% do total também apresenta comorbidades, como hipertensão arterial, diabetes e cardiopatia. De acordo com dados do hospital, das 31 admissões, 16 permanecem internados, três foram transferidos para hospitais de alta complexidade e quatro receberam alta médica.

Emoção toma conta dos pacientes que venceram a doençaNa alta hospitalar humanizada, Iolanda Pinho foi uma das pacientes homenageadas pelos profissionais de saúde. “Quero agradecer muito a Deus por ter vencido a Covid-19. Quero agradecer a todos do hospital, já que desde o momento que cheguei fui muito bem recebida. É uma gratidão grande que eu sinto hoje. Tenho amigos que se foram e aqui vocês são vitoriosos também junto conosco. Eu peço a Deus que abençoe a todos nós e a vocês também. Estou muito grata a todos. Obrigada”, disse Iolanda, que mora no município de Ipixuna.

Para o diretor geral do HRPC, Paulo Kobylansky, as recuperações são motivo de comemoração. “Para nossa felicidade, tivemos altas na enfermaria, pessoas que estão retornando para suas casas, voltando para suas famílias e isso para nós é extremamente gratificante. Somado a isso nós tivemos também o que chamamos de alta interna, a evolução de um paciente que recebeu alta da UTI e agora está na enfermaria e, muito provavelmente, a gente espera que nos próximos dias esse paciente possa retornar à sua casa”, contou.

Etapa concluída - Kobylansky também comentou a conclusão das obras no 1º andar da unidade que terá 40 leitos de UTI distribuídos em 2.300 metros quadrados.

“Nós temos a expectativa de, nos próximos dias, receber mais leitos de UTI e, com isso, poder continuar atendendo toda a população da nossa região. Esperamos sinceramente que mais e mais altas e curas a gente possa vivenciar” - Paulo Kobylansky, diretor geral do HRPC.

Quando devidamente equipados, os leitos se somarão aos 120 já entregues pelo Estado no início deste mês, totalizando 160 novas vagas à disposição da população de Castanhal e de municípios do nordeste paraense.

O cronograma de entrega do HPRC foi antecipado pelo governo do Estado para reforçar a assistência no combate à pandemia. Por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), foram entregues três andares, e construídos mais 74 ambientes localizados no térreo. A previsão de conclusão total da obra é no início de outubro.