Ex-aluno da Escola Pedro Amazonas Pedroso vence concurso nacional de Literatura

Jovem escritor Gabriel Fernandes, de 18 anos, ganhou destaque com o romance 'Atormentada' na categoria prosa

05/06/2020 13h22 - Atualizada em 05/06/2020 14h06
Por Leidemar Oliveira (SEDUC)

Gabriel terminou os estudos em 2019 na Escola Estadual Pedro Amazonas PedrosoMúsica, cotidiano e naturalidade. Estas foram algumas das inspirações que fizeram o jovem escritor Gabriel Fernandes, de 18 anos, a se tornar o vencedor do concurso Novos Talentos da Literatura. Realizada em âmbito nacional, a competição foi promovida pela Editora Santa Agnes, da Bahia. Gabriel é ex-aluno da Escola Estadual Pedro Amazonas Pedroso, onde terminou os estudos em 2019. 

Com o romance “Atormentada”, ambientado na Inglaterra vitoriana, o escritor ganhou destaque na categoria prosa. Além do concurso Novos Talentos, que teve o objetivo de promover a literatura nacional, Gabriel também participou de outros concursos de escrita em plataformas online. 

Segundo ele, desde criança sonhava em escrever histórias e livros, mas foi na escola que encontrou apoio e incentivo de professores e colegas que, segundo ele, até hoje ajudam a divulgar o seu trabalho.

“A escola me impulsionou a escrever, porque eu sempre tive professores muito bem qualificados para me incentivar a tudo que eu tivesse disposto”, comenta. Segundo Gabriel, essas ações foram importantes e o impulsionaram a continuar no caminho da escrita.

Na página nas redes sociais, editora diz que Gabriel "ganhou com todos os méritos" a seleçãoGabriel afirma que a competição foi muito importante para que ele acreditasse no próprio trabalho. Agora, com a conquista, vai publicar o primeiro livro em formato e-book. "O sentimento é de gratidão e felicidade pelo que conquistei e ainda venho conquistando. Meu sonho desde muito novo foi fazer isso, e hoje eu sou muito grato por ele estar sendo realizado”, destaca.

O ex-estudante da rede estadual e agora um jovem e promissor escritor pretende continuar participando de concursos, publicar a continuidade do seu primeiro livro e dos demais projetos que desenvolve. "Quem sabe poder publicá-los e levar às pessoas uma escrita leve e repleta de naturalidade", conclui.

Na página da editora, nas redes sociais, ela afirma que Gabriel "ganhou com todos os méritos" a competição.